INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Preparação brasileira para as Olimpíadas é marcada por bons resultados

Preparação brasileira para as Olimpíadas é marcada por bons resultados

Os atletas que se preparam para disputar a Olimpíada em Paris no próximo ano já estão em treinamento, e muitos deles ainda estão buscando suas vagas nesses torneios, participando de outras competições que geram pontos para eles. Eventos como a Copa do Mundo de ginástica, o Campeonato Pan-Americano de judô e muitos outros contaram com a presença de brasileiros, e os representantes do Brasil obtiveram ótimos desempenhos nestes campeonatos.

Ginástica

Na mesma cidade onde os Jogos Olímpicos serão realizados no próximo ano, ocorreu uma das etapas da Copa do Mundo de ginástica, e vários brasileiros conquistaram medalhas ao final da competição.

Rebeca Andrade, campeã olímpica em 2020, conquistou uma medalha de prata na modalidade das barras assimétricas. Flavia Saraiva, atleta que passou por uma cirurgia no tornozelo no ano passado após uma lesão durante o Mundial de 2022, saiu de Paris com uma medalha de bronze na modalidade trave. A experiente Jade Barbosa, que ajudou o Brasil a conquistar sua melhor colocação nas Olimpíadas em 2008, ficou em segundo lugar na modalidade solo.

Os homens da ginástica brasileira também se destacaram, com Arthur Nory e Bernardo Actos subindo juntos ao pódio na modalidade de barra fixa. Arthur conquistou a medalha de prata, enquanto Bernardo ficou com o bronze.

Skate

Também aconteceu a etapa da Suíça do circuito mundial de skate street, e o brasileiro Giovanni Vianna conquistou a medalha de bronze na última manobra da competição, garantindo sua vaga na zona de classificação olímpica. No feminino, duas brasileiras representaram o país: Pamela Rosa e a nossa fadinha Rayssa Leal. Infelizmente, nenhuma das brasileiras conseguiu medalha. Pamela terminou em quinto lugar, enquanto Rayssa ficou em sétimo.


Preparação brasileira para as Olimpíadas é marcada por bons resultados

Giovanni Vianna sobe diversas colocações no ranking de classificação para a olimpiada. Reprodução/instagram/@timebrasil


Judô

No judô, a lista é longa, pois ocorreu o pan-americano no Canadá, e o Brasil dominou a competição. Os brasileiros que saíram de lá com medalhas de ouro foram: Larissa Pimenta (52kg); Matheus Takaki (60kg); Mayra Aguiar (78kg); Beatriz Souza (+78kg); Rafael Macedo (90kg). Além disso, o Brasil conquistou o ouro na equipe mista. Na medalha de prata, tivemos: Rafaela Silva (57kg); Guilherme Schmidt (81kg); Léo Gonçalves (100kg); e Rafael Silva (+100kg). Não para por aí, pois ainda tivemos medalhistas de bronze: Natasha Padilha (48kg); Jessica Pereira (52kg); Michel Augusto (60kg); William Lima (66kg); e Luana Carvalho (70kg).

Tênis de mesa

A seleção masculina que disputou o pan-americano de tênis de mesa era composta por Hugo Calderano, Victor Ishiy, Eric Jouti e Guilherme Teodoro. Eles não apenas garantiram a vaga para as Olimpíadas do ano que vem, como também conquistaram a medalha de ouro na competição. A seleção feminina não ficou para trás, garantindo a vaga nas Olimpíadas e conquistando a medalha de prata no pan. A equipe feminina era composta por Bruna Takahashi, Giulia Takahashi, Bruna Alexandre e Laura Watanabe.


Preparação brasileira para as Olimpíadas é marcada por bons resultados

O Pan-Americano de Tênis de Mesa em equipes foi disputado em Havana, capital de Cuba. Reprodução/Instagram/@timebrasil.


Volêi

A seleção estreou no último sábado contra a Argentina, e as brasileiras dominaram do começo ao fim no primeiro set. Julia Bergmann começou como titular, e o Brasil teve zero dificuldade para construir o placar, terminando com a parcial de 25 a 17. No segundo set, o padrão se manteve, com as brasileiras abrindo nove pontos de vantagem e fechando com o placar em 21 a 12. O Brasil conseguiu fechar o segundo set com a parcial de 25 a 20. No momento final do último set, o Brasil abriu dois pontos de vantagem e fechou com 25 a 22.

Contra o Peru, foram três sets a zero, com as parciais de 25 a 14, 25 a 13 e 25 a 15. A ponteira Gabi foi o grande destaque do Brasil na partida, com 17 pontos, e Julia Bergmann fez 11 pontos de ataque contra as peruanas. O Brasil está no Grupo B do Pré-Olímpico, ao lado de Japão (país anfitrião), Turquia, Bélgica, Bulgária, Porto Rico, Argentina e Peru. Além da chave brasileira em Tóquio, há o Grupo A em Ningbo, cidade na República Popular da China, e o Grupo C em Lódz, na Polônia.

Levantamento de peso

No levantamento de peso, o Brasil está bem próximo de conseguir a classificação para a Olimpíada de Paris em 2024. No Mundial, que foi realizado na Arábia Saudita, a brasileira que disputa na categoria até 81kg, Laura Amaro, conseguiu o quinto lugar; e Amanda Schot ficou em oitavo na modalidade de 71 kg.

 

Foto destaque: Os brasileiros Arthur Nory e Bernardo Actos são duas esperanças de medalhas para a olimpíada de Paris no ano que vem. Reprodução/instagram/@timebrasil.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...