INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Funcionários de aeroporto protestam contra a proibição do uso de celulares

Funcionários terceirizados por empresas que prestam serviços ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, iniciaram protestos e paralisações nesta terça-feira (3) contra medidas que proíbem o uso de celulares nas áreas de carga e descarga do aeroporto durante a jornada de trabalho.

Protestos

As ações tiveram início ainda durante a madrugada, a partir das 3h. Os funcionários afirmam terem sido obrigados a assinar um documento sobre a restrição, apesar de não concordarem com a medida estabelecida pela Receita Federal. 

Como motivos para se opor à proibição, os funcionários alegam a necessidade do uso do celular para emergências e comunicação com a família. Muitos têm pais e mães idosos, ou filhos em idade escolar. Durante o protesto, os funcionários caminham por áreas do aeroporto e gritam frases como “somos trabalhadores, não bandidos” e pedem a revisão da medida.


Funcionários terceirizados do Aeroporto de Guarulho protestam contra proibição do uso de celulares. (Reprodução/g1)


A administração do aeroporto, a concessionária GRU Airports, informou em nota que devido a paralisação, em conjunto com a greve de metrôs e CPTM, foi iniciada uma operação de contingência seguindo um protocolo já pré-definido.

Nas redes sociais, passageiros relatam atrasos na entrega de bagagens durante a manhã. A concessionária pede aos passageiros para que procurem as companhias aéreas responsáveis por seus voos para consultas de informações de voos. 

As companhias aéreas Gol e Azul informaram que os voos não foram prejudicados, e a Latam informou por nota que voos com origem ou destino no Aeroporto de Guarulhos podem sofrer eventuais atrasos ou cancelamentos.

A proibição

A medida foi motivada após duas brasileiras serem presas erroneamente na Alemanha por porte de drogas. Vídeos da área de carga mostraram funcionários movendo as etiquetas das malas das brasileiras para outras que continham 40 quilos de cocaína.

De acordo com um relatório da Polícia Federal, no período de dois anos e meio, foram presos mais de 100 funcionários terceirizados por tráfico de drogas. A operação acontecia nos terminais de circulação de bagagens e mercadorias. 

 

 

Foto destaque: Protestos realizados por funcionários do Aeroporto de Guarulhos causam atrasos. Reprodução/Metrópoles.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...