INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Governo quer criar ENEM para concursos públicos de 180 cidades

Governo quer criar ENEM para concursos públicos de 180 cidades

O novo modelo foi apresentado como projeto nesta sexta-feira (25), com o objetivo de democratizar o acesso aos processos seletivos do governo federal e estado, que hoje em dia costumam se concentrar nos grandes centros e capitais. A ministra da Gestão, Esther Dwerck anunciou as primeiras fases da ideia que pode mudar a dinâmica dos concursos públicos em mais de 180 cidade de todo o país.


Governo quer criar ENEM para concursos públicos de 180 cidades

Anúncio do novo modelo de provas dos concusos público por Esther Dwerck(Foto:Reprodução/X/@dwerck_rj)


As mudanças

A ideia é que assim como o ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio –, o sistema de concursos públicos seja unificado em uma prova de mesmo modelo. A titular da pasta de Gestão, Esther Dwerck, disse em entrevista para a Folha de São Paulo, que o projeto vai diminuir custos e alcançar cidades em regiões mais remotas do Brasil.

Além de questões de conhecimentos gerais, como no ENEM, a ministra explica que a prova também terá questões específicas da área de conhecimento que o candidato está buscando na vaga. Esther vem fazendo um trabalho de repaginação da pasta de Gestão, somente neste ano, abriu cerca de 8.146 novas vagas no governo federal, e acrescentou em entrevista: “Tudo isso com o objetivo de fortalecer o Estado”.

A principal queixa dos brasileiros, segundo estudos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), é que as provas chegavam apenas às grandes capitais, que em muitos estados são distantes de várias cidades. Tanto o IPEA quanto o AGU (Advocacia-Geral da União) já foram consultados sobre a viabilidade do projeto, para resolver esse problema, se espelhar na logística do ENEM, e então, formalizar a ideia.


Governo quer criar ENEM para concursos públicos de 180 cidades

Anúncio do novo modelo de provas para concurso públicos no Brasil( Foto:Reprodução/X/@metropoles)


A ministra Esther Dwerck

O governo do presidente Lula fez diversas mudanças na formulação das pastas dos ministérios, entre elas, a pasta de Gestão, que estava dentro do ministério de Planejamento, agora passa a seguir separada. O Planejamento cuidará exclusivamente do orçamento.

Dwerck tem um histórico de atuação no setor público e foi responsável por grande parte da gestão e planejamento do governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Ela é professora do Instituto de Economia (IE) da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia, também pela UFRJ.

A nomeação de Esther em um dos ministérios do governo Lula foi vista com bons olhos, após chuva de criticas por falta de diversidade nos nomes das pastas.

Foto destaque: Esther Dwerck e Presidente Lula em nomeação dos ministérios (Foto:Reprodução/Instagram/@estherdwerck_)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...