INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Superemissões são grandes responsáveis pelo aquecimento global

Superemissões são grandes responsáveis pelo aquecimento global

Durante a queima de combustíveis fósseis, é produzido o gás dióxido de carbono (CO2) e, geralmente, ele é o vilão nas temáticas sobre aquecimento global. No entanto, de acordo o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês), o gás metano (CH4) é responsável por mais de 25% do “efeito estufa”.

As vacas também estão na lista dos causadores por aumentarem a poluição ambiental devido ao arroto que libera o gás metano, que é o componente principal do gás natural, sendo fabricado pela decomposição ou putrefação de matéria orgânica.

Embora pareça divertido a preocupação com o arroto das vacas, para os especialistas o CH4 é motivo de séria preocupação. O gás metano é bem mais prejudicial para o ecossistema que o próprio dióxido de carbono, tornando-se um problema grave. 

Atenção para os eventos superemissores

De acordo com o Programa das Nações para o Meio Ambiente (PNUMA, na sigla em inglês), “o metano é mais de 80 vezes mais potente que o dióxido de carbono na sua capacidade de aquecimento durante os 12 anos em que ele permanece na atmosfera”. Ainda segundo ele, “devido à sua estrutura química, o metano captura mais calor por molécula na atmosfera do que o dióxido de carbono”.


Superemissões são grandes responsáveis pelo aquecimento global

Satélite de observação com sensores especiais para detetar presença de metano (Foto: Reprodução/Freepik)


Diante desse quadro alarmante, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas salienta que, para alcançar o propósito de limitar o aquecimento global ao mínimo de 2 ºC em comparação com a era pré-industrial, a redução de emissões de CH4 em menos de um terço deve ser imediata.

Na Conferência de Mudanças Climáticas de Glasgow, no Reino Unido, em 2021 houve o comprometimento de 121 países preocupados em melhorar o biossistema.

Onde são produzidos os superemissores 

Os superemissores são equipamentos, instalações ou outras infraestruturas onde, normalmente devido à falhas estruturais, ocorrem escapamento de metano em grande concentração.

Esses pequenos vazamentos podem persistir por semanas, havendo enormes fugas de CH4 para a atmosfera. A maior parte dessas superemissões acontece na indústria do petróleo e gás, mas é produzida também em grandes aterros sanitários e na extração de carvão.

Esses eventos são responsáveis pelo aumento da temperatura do planeta. Autoridades de todos os países estão mobilizadas em encontrar uma solução para o assunto grave do meio ambiente e ações vêm sendo feitas. Além disso, especialistas usam satélites de observação para estudos sobre os superemissores.

 

Foto destaque: Fábricas poluentes. Reprodução/Freepik

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...