INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Beleza

Médico Guilherme Galeazzi administra tratamentos seguros e minimamente invasivos

Com o verão, a alta procura por procedimentos estéticos que focam o rosto é automaticamente substituída por tratamentos em diversas outras regiões do corpo, especialmente aquelas que acabam mais expostas durante a estação. Uma preferência nacional antiga, no entanto, segue em destaque no cenário da medicina estética: o bumbum. Para se ter uma ideia, uma pesquisa de 2020 da International Association of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS) coloca o Brasil em primeiro lugar no ranking de países que mais realizam tratamento nessa área, com 68.480 mil procedimentos naquele ano. Diante desse ritmo de intervenções, é preciso, antes de tudo, atenção à escolha dos profissionais e dos métodos utilizados. “Procedimentos com hidrogel e silicone industrial, por exemplo, que são substâncias clandestinas, podem causar sérios prejuízos ao organismo. Por isso é importante procurar um médico e um local seguro”, ressalta o médico Guilherme Galeazzi, de São Paulo.

Expert em estética médica, Guilherme  explica que é possível, sim, atingir bons resultados, sem necessidade de cirurgia, por meio de tratamentos à base de compostos assegurados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Uma opção para deixar o bumbum bonito, redondo e empinadinho é a bioplastia de glúteos feita com PMMA (polimetilmetacrilato), uma substância sintética aprovada pela Anvisa e pelo Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos, desde 2006. Esse é um procedimento realizado em consultório e pode ser administrado com anestesia local”, conta.


 


Ainda segundo a médica, as sessões recomendadas variam de acordo com a necessidade de cada paciente, são simples e duram cerca de 40 minutos: “As partículas do PMMA são implantadas no músculo e estimulam um processo inflamatório em volta delas para criar um tecido capaz de ganhar volume. Ou seja, funciona como um bioestimulador de colágeno definitivo. Finalizado o processo, o paciente pode ir para casa no mesmo dia, andando. A única recomendação  é não fazer atividade física na semana do procedimento”, sinaliza. 

Mais uma maneira de dar volume aos glúteos são aplicações de ácido hialurônico, que se diferenciam do PMMA pela durabilidade. “O ácido hialurônico também tem um resultado natural. A desvantagem é que, como é facilmente absorvido pelo corpo, não se torna definitivo como o PMMA, sendo interessante no curto prazo apenas.“ Nos dois casos, a dor é relativa: “São procedimentos quase indolores, mas isso, claro, depende da sensibilidade de cada um.”

Foto Destaque: Reprodução

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...