INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Beleza

Saiba quais são os séruns ideais para cada tipo de pele

Em meio a tantas opções hoje em dia no mercado, encontrar o sérum ideal para sua pele pode ser desafiador. Lemos os componentes do produto sem ao menos saber o que significam. Pensando nisso, Julia Minhoto, da revista Claudia, consultou as dermatologistas Natasha Crepaldi e Amanda Sodré e, criaram um guia dos séruns indicados para cada tipo de pele, ensinando a diferenciá-los e assim obter o resultado desejado.

Tratar poros dilatados e controlar a produção de oleosidade

– Ácido salicílico

– Zinco

– Ácido mandélico

– Ácido glicirrízico

– Ácido glicólico

– LHA

Para controlar a oleosidade, o ácido salicílico é ideal. Isso porque ele tem propriedades esfoliantes, ajudando a remover as células mortas da camada mais externa da pele, promovendo a renovação celular. ‘Isso ajuda a desobstruir os poros e prevenir o acúmulo de células mortas, o que pode levar ao surgimento de cravos, acne e outras condições. Ele penetra nos poros, ajudando a eliminar o excesso de óleo, desobstruir os poros obstruídos e reduzir a inflamação associada à acne’, conta Natasha.” 

Já o ácido mandélico faz uma esfoliação suave, melhora a textura da pele reduzindo a aparência dos poros. ‘Ele é anti-inflamatório, reduz o surgimento de manchas e espinhas, pois também é um clareador suave’, adiciona.”

O ácido glicólico é renovador celular e esfoliante da pele, ajudando a reduzir as células mortas da camada superficial diminuindo a aparência dos poros. Faz também um estímulo de colágeno, o que reduz também a aparência dos poros, já que o envelhecimento é uma das causas dos poros dilatados.

Os LHA (lipohidroxiacidos) são derivados do ácido salicílico e tem ações parecidas as dele, porém com menos irritabilidade da pele.” 

Já para peles acneicas existem alguns séruns faciais que a Dra. Amanda recomenda devido às suas propriedades específicas. ‘O sérum com ácido salicílico e o sérum com peróxido de benzoíla que é um agente antibacteriano. Ele é bem eficaz no combate à acne, ajudando a matar as bactérias causadoras. Reduz também inflamações e previne o aparecimento de novas lesões’, conta.”

A médica aponta que sua combinação com ácido glicólico, ativo com propriedade esfoliante, ele ajuda na remoção das células mortas da pele, desobstruindo os poros, melhorando a textura da pele e estimulando a renovação celular o que ajuda a reduzir a cicatriz de sequela de acne.”


<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/B0pphz2HZJA” title=”YouTube video player” frameborder=”0″ allow=”accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture; web-share” allowfullscreen></iframe>

Sérum: o que é e como aplicar. (Reprodução/Youtube)


Para peles mistas

– Vitamina C

– Acido ferúlico

– Vitamina E

– Ácido glicólico

– Ácido hialurônico

– LHA

De acordo com Natasha, a pele mista precisa de antioxidantes (Vitamina C, Ácido ferúlico, vitamina E), anti envelhecimento e renovador celular (ácido glicólico) e hidratante (ácido hialurônico).

Ácido ferúlico é antioxidante, ajuda a neutralizar os danos causados pelos radicais livres, potencializa a ação dos protetores solares e clareia a pele ajudando a uniformizar a aparência.”

Vitamina C é antioxidante, clareador leve e antienvelhecimento, auxilia na produção de colágeno pela pele. Útil na rotina de skincare da pele mista.”

Vitamina E é antioxidante, hidratante e auxilia na regeneração da pele.”

O ácido glicólico é renovador celular e esfoliante da pele, ajudando a reduzir as células mortas da camada superficial diminuindo a aparência dos poros. Faz também um estímulo de colágeno, o que reduz também a aparência dos poros, já que o envelhecimento é uma das causas dos poros dilatados. Poros são comuns na pele mista.”

Ácido hialurônico é hidratante, que deve conter em todas as rotinas de skincare.

Os LHA (lipohidroxiacidos) são derivados do ácido salicílico e tem ações parecidas às dele, porém com menos irritabilidade da pele.”

Para acalmar a pele e reduzir inflamações, como a rosácea

– Alfa bisabolol

– Niacinamida

– Resveratrol

– Ácido hialurônico

– Zinco 

O zinco ajuda a controlar a produção de sebo e tem ação anti-inflamatória, reduzindo o surgimento de espinhas”, afirma a médica.’Já o resveratrol é um potente antioxidante e anti-inflamatório“, finaliza.

 

Foto de capa: É importante conhecer sua pele antes de escolher o sérum. Reprodução: Freepik

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...