Notícias

China é acusada de instalar barreira flutuante em área disputada

25 Set 2023 - 13h47 | Atulizado em 25 Set 2023 - 13h47
China é acusada de instalar barreira flutuante em área disputada

Filipinas acusa China de instalar barreira que mede cerca de 300 metros em uma área do Mar da China Meridional em Scarborough Shoal, que impede os barcos filipinos a terem acesso a área de pesca ao redor da ilha. A Guarda Costeira de Filipinas "condena veementemente" a ação que prejudica moradores da região.

As tensões por territórios no mar do sul da China continuam. Enquanto realizavam uma patrulha marítima de rotina na sexta-feira (22), pelo local conhecido como Bajo de Masinloc, navios filipinos encontraram o que chamaram de “barreira flutuante” perto da guarda costeira da China.

O porta voz da guarda costeira de Manila, Jay Tarriela, compartilhou fotos na rede social X, da suposta barreira flutuante e afirma que a milícia marítima chinesa junto com a guarda costeira da China instalaram o bloqueio após a chegada de um navio do governo filipino naquela área. 



Autoridades filipinas 

A ação foi descrita como violação da legislação internacional, e o governo filipino afirma que tomará todas as ações possíveis para remover a barreira colocada pelos chineses. 

A colocação de uma barreira pela República Popular da China viola os direitos tradicionais de pesca de nossos pescadores” disse o conselheiro de segurança nacional Eduardo Año.  

Disputa regional 

Essa disputa territorial de Filipinas com a China está longe de ter um fim. China reinvindica 90% do mar da China Meridional, mesmo que as zonas econômicas sejam exclusivas da Malásia, Indonésia, Vietnã, Filipinas e Brunei. Filipinas acusa o país vizinho de destruição massiva de grande parte marítima da região. Pequim também disputa diversas áreas no mar do sul da China, em 2012, tomou o Scarborough Shoal forçando os pescadores filipinos a irem realizar seu trabalho em uma região mais longe, resultando em pescas menores. 

Segundo pescadores da região, os navios chineses geralmente instalam essas barreiras quando percebem que um grande número de pescadores filipinos estão na área para restringir o acesso a região, mas depois costumam remover.

 

 

Foto Destaque: Imagens da barreira flutuante bloqueando o acesso dos navios pesqueiros no Mar da China Meridional.  Reprodução: Guarda Costeira das Filipinas/@JayTariela/X