INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Celebridades

Copa 2022: Discurso de Morgan Freeman sobre inclusão divide opiniões

O ator Morgan Freeman, de 85 anos, foi uma das participações especiais da abertura da Copa do Mundo no Qatar, que ocorreu neste domingo (20). Graças ao seu discurso sobre igualdade e união entre nações, o norte-americano entrou para os assuntos mais comentados do Twitter, dividindo opiniões entre os internautas, já que o país sede do Mundial vem sendo criticado por violações aos direitos humanos.

denominado “A Football Story”, o discurso contou com a participação do youtuber Ghanim Al Muftah, o astro de Hollywood falou que o tema deste Mundial é a união de toda a raça humana, enquanto, no telão, eram transmitidas imagens de pessoas jogando futebol no Qatar.

“O tema da cerimônia de abertura é a união de toda a raça humana, interligando diferenças por meio da humanidade, do respeito e da inclusão. Junta nações, comunidades, e todos nós temos uma história com o futebol”.

Entretanto, o Qatar é um país que possui leis que infringem os direitos humanos, e principalmente da comunidade LGBTQAI+. O país condena atos de apoio e demonstrações de afeto em público, sujeito a prisão ou apedrejamento.

Cercada por tantas polêmicas, a performance de Freeman sobre igualdade dividiu opiniões entre os internautas. Alguns aplaudiram a participação do ator na abertura da Copa, outros acharam que o discurso foi contraditório em relação à realidade do Qatar.


Twett de internauta sobre a participação de Morgan Freeman na cerimônia de abertura da Copa do Mundo 2022


Anunciado em 2010 como país a sediar a Copa de 2022, desde então o Catar ergueu uma grande infraestrutura para o evento, incluindo sete estádios, um novo aeroporto e novas estradas. Mas a mão-de-obra empregada nesta grande expansão, como era de se esperar em um país que tem 85% da sua pequena população composta por imigrantes, foi em grande parte de pessoas de outras nacionalidades.

Em fevereiro de 2021, o jornal britânico The Guardian, publicou que pelo menos 6.500 trabalhadores imigrantes da Índia, Paquistão, Nepal, Bangladesh e Sri Lanka morreram no Catar entre 2010 e 2020.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT), por sua vez, compilou dados e afirmou que em 2020 houve pelo menos 50 mortes e 500 ferimentos graves relacionados ao trabalho no Catar.

Foto Destaque: Morgan Freeman na cerimônia de abertura da Copa do Mundo 2022, Reprodução/ REUTERS/Matthew Childs

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 12 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...