INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Celebridades

The Weeknd doa mais de R$ 12 milhões para ajuda humanitária em Gaza

The Weeknd doa mais de R$ 12 milhões para ajuda humanitária em Gaza

O cantor e ator Abel Tesfaye, mais conhecido como The Weeknd, demonstrou seu compromisso com a ajuda humanitária ao doar generosos 2,5 milhões de dólares, o equivalente a mais de R$ 12 milhões, para apoiar os esforços em Gaza. A significativa contribuição será destinada a financiar 820 toneladas de cestas básicas, capazes de alimentar mais de 173 mil palestinos ao longo de duas semanas.

Na qualidade de Embaixador da Boa Vontade do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas há dois anos, The Weeknd canalizou essa doação por meio do seu Fundo Humanitário XO. Adicionalmente, o cantor já havia pessoalmente destinado 1,8 milhões de dólares para a missão global de combate à fome.


The Weeknd doa mais de R$ 12 milhões para ajuda humanitária em Gaza

The Weeknd. (Foto: Reprodução/Mundo Negro)


Atualizações Sobre a Situação em Gaza

Em meio à crise humanitária em Gaza, caracterizada pelos recentes conflitos na região, a retomada dos bombardeios por parte de Israel contra a Faixa de Gaza no dia 1º de dezembro marca uma reviravolta nas hostilidades. A retomada das ofensivas foi justificada por Tel Aviv como resposta a violações do cessar-fogo temporário por parte do grupo terrorista Hamas, após uma semana de trégua.

A pausa de sete dias, iniciada em 24 de novembro e prorrogada duas vezes, proporcionou a troca de reféns mantidos em Gaza por prisioneiros palestinos, além de facilitar a entrada de ajuda humanitária na faixa costeira devastada. Em meio a esse contexto, a contribuição humanitária de The Weeknd assume uma importância crucial, destacando a necessidade de esforços conjuntos para aliviar o sofrimento das comunidades afetadas pelos conflitos na região.

Opiniões de personalidades do entreterimento sobre a Palestina

Desde o inicio da Guerra atores ou cantores que declaram apoio a Palestina vem sofrendo boicotes da Industria de Entreterimento, recentemente a atriz Melissa Barrera foi demitida do elenco de  ‘Pânico 7’ após manifestar apoio à Palestina e condenar o genocídio durante o conflito com Israel. Essa declaração levou a uma reação intensa dentro da indústria cinematográfica. Cerca de 1.300 artistas assinaram uma carta de denúncia contra a Spyglass Entertainment e outros envolvidos na decisão, considerando a demissão como um ato de censura.

A carta, publicada pela Artists for Palestine UK em 30 de novembro, inclui assinaturas notáveis, como a vencedora do Oscar Olivia Colman (‘The Crown’), Harriet Walter (‘Succession’), Aimee Lou Wood (‘Sex Education’), entre outros. O documento, dirigido ao Setor das Artes e da Cultura, acusa instituições culturais ocidentais de sistematicamente reprimir, silenciar e estigmatizar perspectivas palestinas, incluindo ameaças e ataques contra artistas solidários.

Foto destaque: The Weeknd. Reprodução/The Daily Beast

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...