INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Celebridades

O.J. Simpson morre aos 76 anos após batalha contra câncer

O famoso atleta de futebol americano julgado por assassinato da ex-esposa, faleceu de manhã devido ao câncer

(foto: reprodução/Rolling Stones)

O ex-atleta da NFL (liga de futebol americano) faleceu nesta quarta-feira(10) aos 76 anos, após uma luta contra o câncer. O falecimento foi anunciado por familiares nas redes sociais do próprio.

“No dia 10 de abril, o nosso pai, Orenthal James Simpson, sucumbiu à sua batalha contra o câncer. Ele estava cercado por seus filhos e netos. Durante este período de transição, sua família pede respeito a seus desejos de privacidade”, diz a nota publicada.

História turbulenta

Orenthal James já era uma das principais estrelas do NFL, porém ficou realmente conhecido mundialmente, após ser julgado pelo duplo assassinato de seua ex-mulher, Nicole Brown, e amigo dela, Ron Goldman, durante os anos 90. O crime ficou muito famoso não só por Simpson ser muito conhecido, mas também pelas questões raciais envolvidas no julgamento. O.J. era um homem negro retinto, rico e muito famoso, e suas supostas vítimas eram duas pessoas brancas. 

O julgamento foi um dos que mais repercutiram pelos Estados Unidos. Simpson foi defendido pelo famoso e poderoso advogado Robert Kardashian, pai das socialites Kim, Kourtney, Khloé, e Rob Jr. 

O julgamento de O.J. Simpson foi difícil e longo. O jogador tinha antecedentes que não contribuíam para sua defesa. Era considerado agressivo e possessivo, além de já ter sido preso por cinco anos antes do assassinato, por brutalidades com a modelo Nicole Brown. O casal estava separado desde 1992 e tinham dois filhos.


O.J. Simpson, Nicole Brown e filhos (Foto: reprodução/E! News)

Culpado ou vítima

No final, O.J. Simpson foi absolvido do caso e considerado inocente, justamente por conta das pautas raciais trazidas por Robert Kardashian. Alguns anos depois, Simpson acabou condenado em tribunal civil a pagar US$ 33,5 milhões de dólares em indenizações, que ele nunca pagou.


Johnnie Cochran, Robert Kardashian e O.J. Simpson (Foto: reprodução/USA Today/Vince Bucci)

Nenhum outro julgamento no país por assassinato havia tido tanto público antes. Conseguiram um júri de maioria negra, expondo argumentos sobre racismo. Dia três de outubro de 1995, o jogador foi declarado inocente.

Logo em 2007, O.J. não conseguiu evitar a prisão e foi condenado em Las Vegas por sequestro e assalto à mão armada, de dois colecionadores.

Aponta-se que Simpson acabou falecendo por conta do câncer de próstata, devido a rumores publicados pela mídia estadunidense, mas não foram confirmados ou negados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...