INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Cinema/TV

America Ferrera rebate críticas ao “feminismo simplista” de “Barbie”

America Ferrera rebate críticas ao “feminismo simplista” de “Barbie”

Barbie” é um dos maiores sucessos do ano passado e por ser um filme grandioso, não foi capaz de escapar das inúmeras críticas relacionadas ao feminismo que foi considerado por uma parte do público como razo. Em uma entrevista ao The New York Times, publicada nesta terça-feira (02), America Ferrera rebate os discursos negativos sobre a “simpificação” da teoria feminista. Confira mais detalhes abaixo.

Declarações de America Ferrera

A atriz deu vida a Glória, uma funcionária da Mattel, que em um determinado momento do longa-metragem faz um discurso sobre o papel das mulheres na sociedade. A cena em questão trata-se de sua personagem falando sobre suas expectativas e dúvidas no mundo real que provocam uma crise existencial na boneca interpretada por Margot Robbie. 

Durante o bate-papo, a norte-americana rejeita a ideia do filme ter abordado essa temática de forma mais “simplista”. Ferrera afirma que Greta Gerwig lhe deu espaço para que contribuísse com a fala de sua personagem com um tom mais pessoal, com conversas que envolveram muitas risadas e choros. 


America Ferrera rebate críticas ao “feminismo simplista” de “Barbie”

America Ferrera caracterizada como Glória em “Barbie”. (Foto: divulgação/Warner Bros.)


Ela declara que ainda existem muitas pessoas que precisam de um curso básico de feminismo, como também há gerações inteiras de meninas que em sua fase de crescimento não possuem palavras na cultura em que estão sendo criadas.

A atriz rebate as críticas dizendo que mesmo sabendo de coisas, algumas falas ainda precisam ser ditas em voz alta e destaca que meninos e homens nunca tiveram um momento para pensar sobre a teoria feminista. “Se você conhece o feminismo, o monólogo pode parecer uma simplificação exagerada. Mas há países inteiros que proibiram este filme por um motivo”, pontuou.

Para concluir, America fala que algumas pessoas assumem que todos os países – se referindo aos lugares onde o filme não foi exibido como Argélia, Vietnã e Líbano – estão no mesmo nível de conhecimento e compreensão da experiência da feminilidade e que isso seria uma “simplificação excessiva”.

Barbie

Barbie”, estrelado por Margot Robbie e Ryan Gosling, conta a história de uma boneca e sua vida perfeita na Barbielândia até que um dia ela tem sentimentos estranhos como pensar na morte, e parte para o mundo real para solucionar seu problema. O longa é dirigido por Greta Gerwig e roteirizado ao lado de Noah Baumbach. Já está disponível nas plataformas de streaming.

Foto destaque: Ensaio fotográfico de America Ferrera para o The New York Times. (Reprodução/Instargam/@Americaferrera)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...