INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Cinema/TV

Entre a greve, estúdios de Hollywood abrem vagas à especialistas em IA

Entre a greve, estúdios de Hollywood abrem vagas à especialistas em IA

Nos bastidores de Hollywood, um fenômeno marcante está ocorrendo: o aumento das vagas de emprego focadas em inteligência artificial, mesmo em meio aos protestos contínuos de roteiristas e atores. De acordo com o site Gizmodo, grandes empresas, como Disney, Netflix e Sony estão liderando essa transformação que varia de US$ 200 mil a mais de US$ 1 milhão para os candidatos ideais.

Netflix desbrava o futuro com IA

A Netflix, pioneira do streaming, está recrutando um gerente de engenharia para liderar iniciativas de Machine Learning (aprendizado de máquina) e inteligência artificial.

Surpreendentemente, eles pedem apenas três anos de experiência, com salários que oscilam entre US$ 180.000 e US$ 900.000, dependendo da experiência do candidato. Tudo isso com o objetivo de levar as capacidades de ML/IA da Netflix ao próximo patamar.

Posições em destaque na Netflix

Outras posições cobiçadas na plataforma incluem Diretor Técnico de InteligÊncia Artificial, com uma faixa salarial impressionante de US$ 240.000 a US$ 1 milhão, e um Diretor de Engenharia, oferecendo uma escala salarial de US$ 330.000 a fascinantes US$ 1,8 milhão anualmente. A Netflix, no entanto, preferiu não comentar sobre essas ofertas de emprego.

Sony e o compromisso com a ética da IA

A Sony está desempenhando um papel importante na moldagem ética da inteligência artificial. Eles têm listado diversas posições relacionadas à “ética da IA”, incluindo cientistas pesquisadores e gerentes de programa técnico de ética em IA. Além disso, eles buscam um cientista pesquisador especializado na interação humano-computador.

NBCUniversal: personalização e pesquisa

A NBCUniversal está construindo seu serviço de streaming, Peacock, e busca um Vice-Presidente de Produto, Personalização e Pesquisa. Um título sofisticado para um papel que envolve a criação de produtos de aprendizado de máquina. A compensação anual oferecida varia de US$ 220.000 a US$ 290.000.

Conflitos nos bastidores

Enquanto esse tsunami de oportunidades se desdobra, os roteiristas de Hollywood enfrentam uma batalha não apenas pela valorização de seus trabalhos, mas também contra o avanço implacável da inteligência artificial. Essa luta já se estende por mais de três meses, à medida que a tecnologia ameaça cada vez mais empregos na indústria do entretenimento.


Entre a greve, estúdios de Hollywood abrem vagas à especialistas em IA

Presidente do Sindicato de Atores, Fran Drescher, com outros membros da organização que anunciaram a greve (Foto: reprodução/Mike Blake/Reuters)


O futuro dos estúdios de cinema e televisão está intrinsecamente ligado à inteligência artificial. Embora as oportunidades sejam abundantes, os debates sobre ética e emprego continuam a dividir Hollywood. O equilíbrio entre a inovação tecnológica e a proteção dos criativos permanece como uma questão essencial nesta nova era do entretenimento.

Advertisement. Scroll to continue reading.

 

Foto Destaque: letreiro de Hollywood. Reprodução/Divulgação

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...

Celebridades

Nesta quarta-feira (20), Nanda Costa compartilhou um vídeo em suas redes sociais dizendo que está se sentindo exausta e que a rotina das filhas...