INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Cinema/TV

‘Medida Provisória’: Filme de Lázaro Ramos enfrenta problemas com a Ancine

 O filme “Medida Provisória”, que marca a estreia de Lázaro Ramos como diretor, está enfrentando problemas com a Agência Nacional do Cinema(Ancine). A película foi exibida pela primeira vez no Brasil durante o 23.º Festival Internacional de Cinema do Rio, mas segue sem uma data definida para estreiar nos cinemas.

 Conforme comunicado emitido pela Trigo Press, assessoria por trás do filme, a produção segue impossibilitada de ter seu lançamento no Brasil, apesar dos inúmeros recursos submetidos por suas produtoras e coprodutoras à Agência Nacional do Cinema (ANCINE).

“Ao longo de mais de um ano foram trocados com a agência dezenas de e-mails, checados o recebimento e andamento de protocolos, bem como foram realizadas consultas processuais”, diz a nota. “Especificamente no dia 21/10/2021, a pouco mais de um mês da previsão de estreia inicial, foi ainda enviada uma carta com questionamento formal à Ancine, via protocolo e copiando setores envolvidos nesta análise. O recebimento desta comunicação foi confirmado, mas não houve manifestação por partes de outros setores.” — disse a assessoria.


Cena do filme Medida Provisória. Foto: Reprodução/Globo Filmes)


 Desde que o desentendimento veio à público, a Agência Nacional de Cinema tem sido acusada de censura velada ao filme, em especial por opositores ao governo vigente.

Não vou dizer se é burocracia, ou censura, qualquer um dos dois é um entrave para a cultura”, declarou Lázaro Ramos em debate posterior a uma exibição no festival.

Ainda em abril deste ano, Sérgio Camargo, presidente da Fundação Cultural Palmares pediu boicote ao longa, descrevendo-o como “pura lacração vitimista e ataque difamatório contra o nosso presidente”.

O filme, bancado com recursos públicos, acusa o governo Bolsonaro de crime de racismo — deportar todos os cidadãos negros para a África por Medida Provisória. Temos o dever moral de boicotá-lo nos cinemas. É pura lacração vitimista e ataque difamatório contra o nosso presidente” — protestou Camargo em suas redes sociais.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Cafi-Carinho-Amor-Felicidade-e-Intensidade-Cafi-e-tudo-isso-e-mais-um-pouco

https://inmagazine.ig.com.br/post/Pesquisa-academica-observa-herois-da-Marvel-e-avalia-eles-teriam-transtornos-psicologicos-gravissimos

https://inmagazine.ig.com.br/post/Julie-and-The-Phantoms-e-cancelada-pela-Netflix


 A Ancine alega que o projeto está em “fase de análise do pedido de investimento para a sua distribuição em salas de cinema” e segue o “trâmite normal”.

A obra trata de um futuro distópico em que negros serão enviados ao continente africano como uma medida de reparação do passado racista, violento e colonial do Brasil. O elenco conta com Seu Jorge, Taís Araujo, Alfred Enoch, Adriana Esteves, Renata Sorrah, Mariana Xavier e Emicida.

 

Foto Destaque: Lázaro Ramos, Diretor do filme Medida Provisória. Reprodução/Globo Filmes

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...