INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Cinema/TV

Samuel L. Jackson rebate críticas de cineastas a filmes da Marvel

O ator consagrado no cinema Samuel L. Jackson defendeu os filmes do Universo cinematográfico da Marvel (MCU) dos comentários ácidos e críticos de diretores como Martin Scorsese e Francis Ford Coppola.  Durante uma entrevista ao programa de TV The View, o astro afirmou que as falas são respostas ao fato de que ninguém está vendo o filme desses cineastas.

Filmes são filmes“, disse Jackson “Esses são os filmes que eu fui ver quando era criança. E a arte de fazer cinema é algo que foi um mistério por muito tempo. Fazer filmes não é mais um mistério. As crianças de hoje sabem fazer isso nos seus celulares. Então é fácil para os diretores desdenharem disso [dos filmes do MCU], só porque as pessoas não estão indo ver os filmes deles“.


Samuel L. Jackson como Nick Fury no filme “Os Vingadores (2012)” (Foto. Reprodução/Marvel/Disney)


É como se tivéssemos sido emburrecidos”, continuou o ator “Mas isso sempre aconteceu. Quando éramos mais jovens, as pessoas iam ver filmes de cowboy, e eles iam ver filmes de super-heróis de outro tipo, havia super-heróis na TV. Quando você contava uma história séria, sim, você encontrava um público de nicho — a mesma coisa ainda acontece. As pessoas vão ao cinema para se sentirem melhores e fugirem de sua existência diária“.

Para concluir, Samuel L. Jackson afirmou “As pessoas vão na grande sala escura para terem um tempo de diversão. É um tempo de diversão incrível. Você ri em companhia, grita em companhia. Eu ainda faço filmes que eu teria ido assistir quando era uma criança“.

O artista tem feito parte dos filmes da Marvel durante 15 anos atuando como Nick Fury, o agente da S.H.I.E.L.D. Apesar do astro já ter feitos filmes elogiados pela critica de cinema, como “Django Livre” e “Pulp Fiction”, Samuel L. Jackson é fiel ao universo dos heróis como ninguém.  Mês passado,  Jackson  argumentou para o The Times que os filmes do gênero de super-heróis deveriam ser lembrados para o Oscar.  “A academia deveria ter um Oscar para o filme mais popular. Porque é disso que se trata o negócio”.


Samuel L. Jackson e Leonardo DiCaprio em “Django Livre (2012)” (Foto. Reprodução/Columbia Pictures)


Todos os filmes são válidos”, acrescentou o ator “Alguns vão ao cinema para se emocionar muito. Alguns gostam de super-heróis. Se alguém tem mais bundas nos assentos, isso significa que seu público não é tão amplo. Há pessoas que tiveram carreiras de sucesso, mas ninguém pode recitar uma linha de suas partes. Eu sou o cara que diz merda que está em uma camiseta”.

Samuel L. Jackson  atualmente está estrelando uma minissérie na AppleTV+ “The Last Days of Ptolomy Grey”.  O ator estará de volta como Nick Fury na série “Invasão secreta” do universo Marvel que deverá estrear ainda em 2022.

 

Foto Destaque: Smauel L. Jackson como Nick Fury. (Foto. Reprodução/Divulgação/Marvel)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...