Celebridades

O ator Sean Penn visita as terras ucranianas

24 Fev 2022 - 21h10 | Atulizado em 24 Fev 2022 - 21h10
O ator Sean Penn visita as terras ucranianas

Sean Penn, ator e diretor americano, pousou na Ucrânia em meio à guerra contra Rússia para prosseguir com as filmagens de um documentário que vem sendo produzido há meses sobre o crescimento de tensões na região. Ele desembarcou em Kiev, capital da Ucrânia, antes dos ataques das tropas militares de Vladimir Putin iniciarem, e foi recebido nesta quinta-feira (28), pelo presidente Volodymyr Zelensky. quando os avanços das tropas deram a partida.


Sean Penn segurando seu Óscar. (Foto: Reprodução/Veja)


Penn foi muito elogiado pelo Gabinete do presidente da Ucrânia, tanto que postaram na conta oficial no Facebook do Gabinete o seguinte texto: "demonstra a coragem que falta a muitos outros, especialmente aos políticos ocidentais".

 

"Quanto mais as pessoas souberem sobre a guerra na Ucrânia, maior a probabilidade de parar a Rússia!", digitou Zelensly, na legenda do vídeo postado no Instagram, que mostra o encontro com Penn, cujo som foi mutado.

 

Zelensly espalhou ainda mais elogios a Penn no Facebook. "Um ator e cineasta americano, vencedor do Oscar, Sean Penn chegou à Ucrânia. O diretor veio especialmente a Kiev para registrar todos os eventos que estão acontecendo atualmente na Ucrânia e contar ao mundo a verdade sobre a invasão russa ao nosso país. Sean Penn está entre aqueles que apoiam a Ucrânia hoje. Nosso país está grato a ele por tal demonstração de coragem e honestidade",  contava Zelensly, em seu texto.

 

"Esta manhã, o diretor visitou o Gabinete do Presidente e visitou a coletiva de imprensa do assessor do chefe do Gabinete do Chefe de Estado Mikhail Podolâk e do Vice-Primeiro Ministro - o Ministro da Reintegração dos territórios temporariamente ocupados da Ucrânia Irina Vere щуuk", seguia o post.

 

"Ele falou com jornalistas, com nossos militares, viu como defendemos nosso país. Sean Penn demonstra a coragem que falta a muitos outros, especialmente aos políticos ocidentais. Quanto mais pessoas assim, verdadeiros amigos da Ucrânia, apoiarem a luta pela liberdade, mais cedo será possível parar o ataque maciço à Rússia", encerrando assim a nota.

 

Foto destaque: Sean Penn na Ucrânia. Reprodução/G1