Saúde e Bem Estar

Covid-19: imunizados com a Janssen recebe dose de reforço da Pfizer na cidade de SP, nesta terça (30)

30 Nov 2021 - 12h50 | Atulizado em 30 Nov 2021 - 12h50
Covid-19: imunizados com a Janssen recebe dose de reforço da Pfizer na cidade de SP, nesta terça (30)

Nesta terça-feira(30) a cidade de São Paulo vai da início a aplicação da vacina da Pfizer contra o coronavírus como reforço para as pessoas que receberam a primeira dose da vacina da Janssen. A determinação veio da Prefeitura  porque o Ministério da Saúde não fez a entrega de doses da Janssen e também pelo fato da nova variante do coronavírus, ômicron.


(Foto: Reprodução/ Johaehn /Pixabay)


Pelas informações da Prefeitura, qualquer cidadão acima de 18 anos que tenha tomado a vacina da Janssen com pelo menos 2 meses, nesta terça-feira será vacinado com a Pfizer.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou no dia 16/11 que as pessoas imunizadas com a Janssen iriam receber uma “segunda dose”, além de receber também uma dose de reforço, totalizando assim 3 aplicações para essas pessoas.

No entanto, na última quinta-feira(25) o Ministério da Saúde anunciou em um comunicado técnico que recomendava que a população imunizada com a vacina da Janssen recebesse uma dose de reforço com tempo de 2 a 6 meses depois da 1ª aplicação.

Outras cidades já deram início a aplicação, mas tanto o estado de São Paulo quanto a capital paulista confirmaram que esperavam a entrega de mais doses pelo governo federal para poder mudar o esquema vacinal dos cidadãos.

Na última segunda-feira(29), em um reunião liderada por Edson Aparecido, secretário municipal de saúde, com a equipe técnica da SMS (Secretaria Municipal da Saúde), diretores de hospitais e vigilância em Saúde, foi decidido que a capital vai aplica a vacina da farmacêutica americana Pfizer para dose de reforço naqueles que receberam o imunizante da Janssen, a partir desta terça-feira(30).

Com o aparecimento da ômicron, nova variante do coronavírus, a esperança é de imunizar o mais rápido possível mais de 300 mil pessoas que tomaram a dose da Janssen. Foi decidido que não seria mais obrigatório mostrar o comprovante de endereço na cidade de São Paulo para receber qualquer um dos imunizantes na rede municipal de saúde.

 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Hipoglicemia-reativa-Entenda-o-que-e-e-seu-tratamento

https://inmagazine.ig.com.br/post/Gado-que-consome-algas-marinhas-e-90-menos-gasoso

https://inmagazine.ig.com.br/post/Entenda-a-perda-de-apetite-apos-longo-periodo-sem-se-alimentar

 

Foi comunicado pelo órgão que em possíveis casos da nova variante, ômicron , os hospitais de referência serão o Hospital Municipal Tide Setúbal e o do governo estadual, Hospital Geral Guaianazes.

Foto destaque: Reprodução/ x3 /Pixabay 

Mais Lidas