Esportes

Toto Wolff, Chefe da Mercedes, não garante Lewis Hamilton na F1 em 2022

17 Dez 2021 - 14h53 | Atulizado em 17 Dez 2021 - 14h53
Toto Wolff, Chefe da Mercedes, não garante Lewis Hamilton na F1 em 2022

 Os efeitos da decisão da Fórmula 1 continuam reverberando após o GP de Abu Dhabi. Agora foi a vez de Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, demonstrar que ainda sente bastante incômodo com a perda do título por parte de Lewis Hamilton. O austríaco afirmou não querer contato com Michael Masi, diretor de provas da FIA e diretamente envolvido na polêmica que tomou conta da categoria após a conquista do holandês.


Lewis Hamilton, Pilota da Mercedes. Foto:Reprodução/GE


 "Não me interessa conversar com Michael Masi", afirmou Wolff ao ser perguntado se teve algum contato com o diretor de provas da FIA. "As decisões que aconteceram nos últimos quatro minutos da corrida roubaram Lewis Hamilton de um merecido campeonato mundial", reclamou Toto, ao lembrar a sequência de decisões tomadas por Mais.

 "Vai levar muito tempo para digerir o que aconteceu no domingo. Acho que nunca vamos superar isso, não é possível. Lewis e eu estamos desiludidos no momento. Não estamos desiludidos com o esporte. Amamos o esporte com todos os ossos do nosso corpo. E adoramos porque o cronômetro nunca mente.", disse.

 Wolff não confirma a permanência de Lewis como piloto da F1, mas acredita que o coração do piloto irá falar mais alto. Vale lembrar que ainda restam mais dois anos de contrato com a mercedes. 

 "Espero muito que Lewis continue correndo porque ele é o maior piloto de todos os tempos. Estaremos trabalhando nos eventos nas próximas semanas e meses e acho que como piloto, seu coração dirá: "Preciso continuar", porque ele está no auge do jogo.", apontou.

 

https://inmagazine.ig.com.br/colunista/Gabriel-Barbosa-Freire/post/Buzzer-Beater-de-novato-garante-vitoria-dos-Lakers

https://inmagazine.ig.com.br/colunista/Gabriel-Barbosa-Freire/post/Aumento-de-Covid-na-Europa-provoca-risco-de-paralizacao-na-Premiere-League

https://inmagazine.ig.com.br/colunista/Gabriel-Barbosa-Freire/post/Problema-no-sorteio-da-Champions-gera-polemicas


 "Mas temos que superar a dor que foi causada nele no domingo, também porque ele é um homem com valores claros e é difícil para ele entender como isso aconteceu. Só tenho que fazer o possível para ajudá-lo a superar isso, para que ele volte forte e com amor pelo esporte e confiança na tomada de decisões do esporte no próximo ano.", concluiu.

 

Foto Destaque: Toto Wolff, Chefe da Mercedes. Reprodução/GE