Cinema/TV

Em fim de semana que bate US$ 1 bilhão, “Top Gun: Maverick” empata com “Elvis” no topo da bilheteria dos EUA

27 Jun 2022 - 14h56 | Atulizado em 27 Jun 2022 - 14h56
Em fim de semana que bate US$ 1 bilhão, “Top Gun: Maverick” empata com “Elvis” no topo da bilheteria dos EUA

Um dos maiores sucessos de 2022, “Top Gun: Maverick”, segue atraindo o público para os cinemas. O longa estrelado por Tom Cruise, chegou a notável marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais, se tornando o primeiro filme do astro americano a alcançar essa marca. Além disso, o filme empatou com a principal estreia da semana “Elvis”, nas bilheterias americanas nesse fim de semana. Ambos fizeram US$ 30.5 milhões nesses tempos. 


Trailer de "Top Gun: Maverick" (Reprodução: YouTube)


Completando o ranking vem “Jurassic World: Domínio”, que arrecadou US$ 26.44 milhões. Logo em seguida, ficaram “O Telefone Preto” e “Lightyear” com US$ 23.370 milhões e US$ 17.669 milhões, respectivamente. O filme do patrulheiro espacial de “Toy Story” vem decepcionando nas bilheterias. Por ser um longa sobre um personagem querido pelo público e de uma grande franquia animada, com apelo infantil, esperava-se um maior sucesso nos cinemas mundiais. 


"Lightyear" vem decepcionando nas bilheterias (Reprodução: Twitter)


Outro filme que possui uma grande expectativa é “Elvis”. O longa conta a trajetória do Rei do Rock, Elvis Presley, sua vida, carreira e músicas. Estreando na última semana, “Elvis” já está no topo das bilheterias nos Estados Unidos. Por ser uma biografia de um cantor famoso e amado em todo o mundo, a obra pode se tornar um dos grandes sucessos do ano. O filme, aliás, foi muito elogiado pela crítica especializada e aplaudido no Festival de Cannes. 

Com pouco mais de um mês de exibição nos cinemas, “Top Gun: Maverick” ainda atrai muitos espectadores aos cinemas. A sequência do longa de sucesso dos anos 80, trouxe de volta os fãs do filme original e ainda conquistou uma nova geração de admiradores. O filme surpreendeu a todos com seu absoluto sucesso. Por ser uma continuação de um filme de mais de 30 anos atrás, muitos pensaram que o projeto de Tom Cruise não teria tanto apelo popular e uma base concreta de bilheteria. 

 

Foto Destaque: Divulgação/ Paramount Studios.

Mais Lidas