INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Atlético-MG vence fora de casa e quebra sequência invicta do Bragantino

Atlético-MG vence fora de casa e quebra sequência invicta do Bragantino

Na noite desta quarta-feira (25), o Red Bull Bragantino recebeu o Atlético Mineiro no estádio Nabi Abi Chedid partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo buscava recuperação na tabela para colar pelotão de elite. Enquanto isso, o Massa Bruta chegou à partida cheio de confiança, determinado a diminuir a diferença que o separa do líder, Botafogo. 

Com gols de Hulk (pênalti) e Igor Gomes, o Atlético segurou o ótimo e entrosado time do Massa Bruta vencendo por 2 a 1, interrompendo uma sequência de oito jogos de invencibilidade do Bragantino no Brasileirão.

O que de mais importante aconteceu: 

Os primeiros minutos de partida foram movimentados, com muita aproximação e disposição da equipe visitante, o Bragantino muito entrosado e compacto soube conter o ímpeto alvinegro, as duas equipes conseguiram chegar bem à frente. 

Na primeira metade do primeiro tempo da emocionante partida entre Bragantino e Atlético Mineiro, ficou evidente a gana de ambas as equipes em busca da vitória. As equipes estiveram bem encaixadas e empilharam boas oportunidades de abrir o placar. Sasha, pelo lado do time paulista, e Hulk, representando o Galo, foram os jogadores que mais se destacaram, tentando diversas finalizações e pressionando as defesas adversárias. 

VAR em ação  

Aos 31’ do primeiro tempo em ataque perigoso do Atlético em jogada dentro da área Paulinho toca para Hulk que finaliza e Léo Ortiz tira em cima da linha, árbitro de vídeo recomendou análise e juiz marca pênalti e amarela o defensor paulista. Aos 35’ Hulk bate no canto direito sem chance para Cleiton que acertou o canto, mas, não alcançou a bola, Bragantino 0 a 1 Atlético (Gol de número 91 com a camisa do Galo). 

O Juiz concedeu mais seis minutos ao primeiro tempo, o Bragantino se lançou à frente, mas pecava no último passe. No contragolpe o time mineiro só não ampliou o placar pelas intervenções de Cleiton. Fim de primeiro tempo. 


<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”pt” dir=”ltr”>Hoje não posso, tem jogo do <a href=”https://twitter.com/hashtag/Galo?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw”>#Galo</a>! <a href=”https://t.co/8Jm7cXq2cG”>pic.twitter.com/8Jm7cXq2cG</a></p>&mdash; Atlético (@Atletico) <a href=”https://twitter.com/Atletico/status/1717153937986392268?ref_src=twsrc%5Etfw”>October 25, 2023</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script> 

Time do Atlético Mineiro comemorando o gol. (Reprodução/Twitter @atletico)


2º TEMPO 

O Bragantino voltou ao confronto com alta intensidade, demonstrando um jogo envolvente e criando diversas oportunidades de gol. Enquanto isso, o Atlético adotou uma postura mais cautelosa, observando o time da casa em ação e optando por marcar no último terço do campo. Essa estratégia acabou concedendo uma série de escanteios ao Bragantino, que aproveitou para exercer uma pressão constante, com destaque para as ótimas intervenções de Éverson.

O Bragantino tentou de todas as formas chegar à igualdade, mas deixou espaços para o Atlético. Aos 35 minutos, Pavón aproveitou um espaço no meio de campo e lançou Igor Gomes, que finalizou com o pé direito para as redes, fazendo com que o Atlético abrisse 2 a 0 sobre o Bragantino.

O técnico Felipão apostou em uma substituição ousada, promovendo a entrada do zagueiro Réver e sacando o atacante Paulinho. O time da casa partiu para o ataque e, aos 39 minutos, depois de uma assistência de Thiago Borbas e uma falha do sistema defensivo do Atlético, Talisson finalizou com o pé direito, sem dar chances ao goleiro mineiro. O placar ficou em 1 a 2, ainda a favor do Atlético.

No final do jogo, o Atlético tentou segurar a vantagem construída, enquanto o Bragantino pressionou incansavelmente em busca do empate. Mesmo com oito minutos acrescidos ao final da partida, o vice-líder do campeonato não conseguiu superar a vantagem construída pelo visitante. Fim de jogo Bragantino 1 a 2 Atlético MG.

Atlético-MG: Everson; Saravia, Bruno Fuchs (Igor Rabello), Jemerson e Guilherme Arana; Otávio, Rubens (Igor Gomes), Alan Franco e Pavón; Paulinho (Réver) e Hulk. 

Bragantino: Cleiton; Aderlan (Helinho), Léo Realpe, Léo Ortiz e Juninho Capixaba; Jadsom, Luan Candido (Thiago Borbas) e Lucas Evangelista; Vitinho (Henry Mosquera), Matheus Gonçalves (José Hurtado) e Eduardo Sasha (Talisson). 

Arbitragem:  

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-CE, com assistência de: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA)-RJ e Marcia Bezerra Lopes Caetano-RO  – Quarto árbitro: Douglas Marques das Flores-SP, na cabine do VAR Rodolpho Toski Marques (VAR-FIFA) -PR.

Próximas partidas:

Pela sequência do campeonato Brasileiro, em Belo Horizonte o Galo recebe no sábado, 28,  o Fluminense já o Massa Bruta que teve jogo adiado contra o Flamengo, volta a campo no próximo mês, enfrentando o Goiás fora de casa.

Foto Destaque: Jogadores comemorando com Hulk. Reprodução: Twitter X/ @atletico

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...