INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

CBF admite ao Palmeiras erro em protocolo do VAR; clube pede que linha seja traçada

Nesta segunda-feira (18), o Palmeiras enviou um novo ofício à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) onde solicita que a entidade trace a linha de impedimento na origem da jogada que gerou o gol do São Paulo no clássico da última quinta-feira (14) em partida válida pela rodada de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, edição 2022.

O pedido veio a partir da resposta da confederação, que após o recebimento e análise do primeiro ofício do clube alviverde admitiu ter havido um erro no protocolo do VAR (Video Assistance Referee – árbitro de vídeo), ao não traçar a linha de impedimento para verificar se a posição do centroavante são-paulino, Jonathan Calleri, era regular ou não (irregular) no início do lance que originou no pênalti tricolor, que decretou o 2 x 1 no tempo normal e a necessidade de penalidades máximas para conhecer o vencedor do confronto.

O Verdão havia encaminhado um primeiro ofício logo após a realização do clássico e agora enviou este novo documento visando a transferência completa do lance e o desenvolvimento para a melhoria do futebol brasileiro. O clube se mostrou indignado com a conversa entre o árbitro de campo, Leandro Pedro Vuaden, e a equipe do vídeo; questionando no primeiro ofício à CBF a posição do argentino camisa 9, a disputa entre o mesmo e o zagueiro Gustavo Gó