INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Com três a menos, São Paulo vence o Universidad Católica e abre vantagem na Sul-Americana

O São Paulo enfrentou nesta quinta-feira (30) o Universidad Católica, em Santiago, pelo primeiro duelo das oitavas de final da Sul-Americana. Em um jogo tenso, em que a equipe de Rogério Ceni acabou com três jogadores expulsos, o São Paulo conseguiu vencer por 4 a 2 a equipe chilena e abriu uma boa vantagem para o próximo confronto entre os times.

Durante o primeiro tempo, o São Paulo dominou o campo desde o primeiro minuto, mesmo com a pressão da torcida adversária, o tricolor parecia estar jogando em casa. Aos 3 minutos, Igor Vinícius desviou de dois marcadores e chutou cruzado, mas a bola foi desviada pela defesa, indo para escanteio.

No minuto seguinte, Léo desviou uma cobrança de escanteio e a bola passou raspando à meta, mas Miranda, que estava na jogada, não conseguiu jogar a bola para dentro do gol. Com 8 minutos, Reinaldo apareceu mostrando perigo ao gol chileno. O lateral chutou de fora da área, mas Pérez fez uma bela defesa. Mas a pressão tricolor mostrou seu resultado logo em seguida.

Aos 11 minutos, Calleri dominou a bola dentro da área, após cobrança de escanteio, e acabou derrubado por González. Reinaldo cobrou e converteu em gol, abrindo o placar para o São Paulo. Com o placar aberto, o São Paulo aumentou o ritmo de jogo. Com 25 minutos, Nestor trouxe novo perigo ao gol chileno. Após receber a bola dentro da área, bateu na bola quase sem ângulo e exigiu uma boa performance de Pérez.

Aos 27, após uma falha de Isla, o segundo gol do São Paulo aconteceu. Jandrei defendeu e buscou Calleri em seguida. Devido as péssimas condições do gramado, o argentino errou o domínio da bola, mas Isla bizarramente perdeu o tempo da bola, deixando Calleri livre para buscar a bola e abrir o passe na medida ideal para Luciano, que estava livre e pode marcar o segundo gol para o tricolor paulista.


Calleri comemora segundo gol do São Paulo sobre o Universidad Católica (Reprodução: Rubens Chiri/SPFC)


A equipe de Rogério Ceni permanecia inspirada e aos 32 minutos, o São Paulo lançou um novo ataque, dessa vez em uma cobrança de escanteio feita por Igor Vinicius. Já o Universidad parecia desesperado para diminuir a vantagem do adversário. Núñez arriscava chutes de fora da área, mas não oferecia qualquer risco a Jandrei, que defendia sem dificuldades.

E foi o desespero dos chilenos que abriu chance para o São Paulo aumentar o placar. Aos 38, Reinaldo encontrou Luciano posicionado na entrada da área. O atacante driblou a defesa chilena com facilidade, entrou na área e chutou forte, no alto, longe do alcance de Pérez, para fazer o terceiro gol do São Paulo.

Com uma desvantagem grande, o Universidad Católica foi para cima do São Paulo com tudo e aos 43 minutos, Asta-Buruaga dominou a bola após cobrança de escanteio, dentro da pequena área, e arriscou a finalização, mas encontrou Diego Costa pela frente, que parou a jogada e impediu os chilenos de marcarem. Apesar das tentativas, o primeiro tempo acabou com ampla vantagem do São Paulo sobre os donos da casa.

Mas o segundo tempo começou completamente diferente do que se esperava. Logo no primeiro minuto, Zampedri recebeu passe da direita e marcou o primeiro gol do Universidad na partida. Pouco tempo depois, aos 4 minutos, o São Paulo levou outro susto, quando Igor Vinícius fez falta no meio de campo e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso em seguida.

Com os primeiros cinco minutos dando frio na espinha da torcida tricolor, o São Paulo logo tratou de colocar o jogo no eixo. Aos 17 minutos, Patrick driblou lindamente o marcador chileno na linha de fundo e cruzou, Igor Gomes recebeu e ajeito a bola para Calleri, que bateu forte e acertou o ângulo do gol de Pérez.


São Paulo 4 x 2 Universidad Católica, melhores momentos. (Reprodução: Youtube/Lance)


Apesar da tentativa de controlar a partida, o São Paulo acabou tendo sérios problemas em campo, começando aos 28 minutos, quando Rodrigo Nestor acabou expulso após um pisão na perna do adversário. Logo depois, o preparador físico do São Paulo acabou expulso por causar uma pequena confusão na lateral no campo.

Com 36 minutos, Tapia trouxe problemas ao gol são-paulino, cruzando a bola para Núñez, que chutou com perigo, dando trabalho para Jandrei defender. Aos 40, Tapia novamente faz uma boa jogada, cruzando para Valencia na medida certa, que subiu alto e cabeceou sem deixar chances para o goleiro são-paulino defender e diminuindo a desvantagem dos chilenos.

Nos minutos finais, Calleri também foi expulso, deixando o São Paulo com apenas oito jogadores em campo. O Universidad Católica aproveitou para colocar pressão nos adversários, dando trabalho para Jandrei, mas sem conseguir aumentar o placar para os donos da casa. No final, a partida terminou em 4 a 2 para o São Paulo.

Agora, as equipes voltam a se enfrentar no Morumbi, na próxima quinta-feira (7), às 21h30. Antes, o São Paulo enfrenta o Athlético-GO, fora de casa, no próximo domingo (3), às 16h, pelo Campeonato Brasileiro.

 

Foto destaque: São Paulo x Universidad Católica pelas oitavas da Sul-Americana. Reprodução: Pablo Sanhueza/REUTERS.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...