INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Corinthians vence o Vasco pelo Brasileirão em partida sem torcedores

O Corinthians venceu o Vasco da Gama por 3 a 1 em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena, em São Paulo. Os gols do Timão foram de Maycon, Yuri Alberto e Róger Guedes (pênalti). O gol do Gigante da Colina foi de Gabriel Pec.

A vitória afastou ainda mais o clube paulista da zona de rebaixamento. Com 19 pontos e um jogo a menos, o Time do Povo ocupa a 14ª posição, dois pontos à frente do Santos e dois atrás do Atlético-MG. Já o clube carioca, também com um jogo a menos, se mantém na lanterna da liga, com nove pontos somados por conta de duas vitórias e três empates.

Casa vazia

A partida aconteceu sem torcedores na casa corintiana. O clube cumpriu a suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) após torcedores proferirem cânticos homofóbicos contra a equipe do São Paulo, em partida válida pela sexta rodada do Brasileirão.

Tabus e marcos

Esta foi a vigésima partida consecutiva entre os dois clubes sem uma vitória vascaína, consagrando assim o maior tabu ativo em disputas entre clubes da Série A do Brasileirão. A última vez em que o cruzmaltino venceu o Corinthians foi em outubro de 2010, na 18ª rodada da liga daquele ano, numa vitória por 2 a 0 em São Januário.

Além disso, a partida deste sábado marcou, também, a consagração de um novo artilheiro na Neo Química Arena: Róger Guedes chegou a 31 gols no estádio e ultrapassou Jô, autor de 30 gols no local.

 

Contra-ataques e riscos

Em campo, os dois clubes adotaram estratégias diferentes: o Corinthians, com uma formação inicial composta de mais titulares e jogadores experientes, abusou dos contra-ataques para chegar na defesa vascaína. Já o Vasco optou pelas finalizações de fora da área, mas não foi totalmente preciso nelas.

Na posse de bola, os clubes apresentaram equilíbrio e acertaram grande parte dos passes executados. Já nas finalizações, o clube carioca tentou mais, mas foi o Corinthians que trouxe maior precisão em suas tentativas. Ao todo, de 23 chutes, o cruzmaltino conseguiu cinco a gol, enquanto o Corinthians finalizou seis vezes na meta das 12 executadas, marcando três gols.

 

Primeiro tempo

A primeira jogada de grande perigo da partida aconteceu aos oito minutos: Róger Guedes recebeu a bola de Renato Augusto pela esquerda e a conduziu para a grande área. Fora dela, arriscou o chute e parou na defesa de Léo Jardim.

A resposta vascaína veio oito minutos depois. Medel encontrou Ferreira pelo meio e o camisa 9 acionou Lucas Pitón pela esquerda. O ex-Corinthians cruzou na área e Jair parou em Cássio, que espalmou para fora.

Renato Augusto, que jogou apenas o primeiro tempo, foi essencial para a abertura do placar. É dele a construção da jogada do gol, pela esquerda, após driblar dois marcadores do Vasco. Adson recebeu do camisa 8 e, pela direita, devolveu a bola ao meia que, na meia-lua, ajeitou de calcanhar para a finalização precisa de Maycon, sem chances para Léo Jardim.

O Vasco ensaiou uma reação e pressionou o Corinthians com jogadas trabalhadas pelo meio e que resultaram em finalizações de fora da área.

Porém, foi na grande área que o clube carioca teve a melhor chance na primeira etapa: aos 35 minutos, Praxedes fez o passe para Figueiredo do meio campo e, na ponta esquerda, o camisa 15 acionou Sebástian Ferreira. O centroavante, livre de marcação, chutou para fora.

 

Segundo Tempo

Vanderlei Luxemburgo fez duas mudanças antes da segunda etapa, tirando Renato Augusto e Caetano para colocar Fausto Vera e Fagner. O mecanismo visou dar 45 minutos ao lateral-direito e poupar o camisa 8 para as próximas partidas.

O ritmo corintiano não mudou e, em pouco tempo, o clube paulista chegou ao segundo gol: aos 15 minutos, após contra-ataque armado por Adson desde a defesa, Ruan recebeu pelo meio e arrancou. Róger Guedes foi acionado pela esquerda e deu a assistência para Yuri Alberto, na grande área e desequilibrado, acertar o travessão e concluir o tento. Léo Jardim novamente ficou rendido a uma finalização corinthiana.

A reação vascaína, desenvolvida antes do segundo gol, voltou à tona e resultou no único gol do clube na partida. Luca Orellano, que entrou na segunda etapa, arrancou pelo meio do campo e, sem medo dos marcadores, encontrou Gabriel Pec. O camisa 11 se livrou de Cássio e Matheus Bidú, concluindo o tento.

O terceiro gol corinthiano surgiu de um erro de saída vascaíno, aos 26 minutos. Matheus Araújo aproveitou a sobra e acionou Yuri Alberto pela esquerda e, por duas vezes, tentou passes no qual a bola bateu na mão dos marcadores. No segundo caso, Paulinho tocou com o braço aberto. Um minuto depois, Róger Guedes marcou o terceiro da partida e o trigésimo primeiro dele na Neo Química Arena, se tornando oficialmente o maior artilheiro do Corínthians no estádio.

O Vasco seguiu criando jogadas, mesmo sem efeito de perigo. Somente aos 35 minutos que Orellano, de fora da área, forçou Cássio a defender.


Melhores momentos de Corinthians 3 x 1 Vasco (Vídeo: reprodução/YouTube/ge)


Próximos jogos

O Corinthians dará foco às oitavas de final da Copa Sul-Americana: na próximas terça-feira (01 de agosto), o Time do Povo enfrentará o Newell’s Old Boys pela partida de ida da fase, às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena. Já o Vasco terá uma semana de descanso e treinos até enfrentar o Grêmio no dia 06 de agosto, às 16h (horário de Brasília), no estádio São Januário.

 

Foto Destaque: Róger Guedes comemorando o terceiro gol do Corinthians, o 31º dele na Neo Química Arena. Reprodução/Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...