INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Luís Castro tem demissão cogitada após início ruim na temporada

Após o jogo de quarta feira (08) contra a Portuguesa-RJ, onde o Botafogo saiu derrotado pelo placar de 1 a 0 e acarretou em sua eliminação precocemente do campeonato carioca, John Textor, acionista majoritário da SAF, cogita a demissão do atual técnico português, Luís Castro.

Luís Castro foi a primeira opção de John Textor ao comprar 90% da SAF do Botafogo e se tornar dono do clube, onde venceu uma disputa pelo técnico com o clube alvinegro paulista, o Corinthians. No começo de seu trabalho, muitos torcedores ficaram felizes com o desempenho de seu time, onde além dos resultados, o clube estava criando uma forma de jogar, e com isso, desempenhou um bom trabalho, arrancando uma sequência de sete jogos invictos, sendo cinco vitórias e dois empates. 


                                 

                                                                              Luís Castro (Foto: Reprodução/ Intagram @botafogo)


O clube acabou a temporada de 2022 em décimo lugar do brasileiro (em uma campanha de 15 vitórias, 8 empates e 14 derrotas), caindo nas oitavas de final pelo América-MG, onde pode ser considerado uma ótima campanha, por conta de ser o seu primeiro ano após o recém acesso à série A do Brasileiro. 

No fim da temporada de 2022, Luís Castro não era mais unanimidade dentro e fora do clube, para alguns era considerado a melhor contratação do clube, onde mesmo tendo uma temporada com contratações mais baratas, conseguia arrancar bons resultados em algumas partidas, para outros um técnico péssimo, dizendo que mesmo sem contratações de peso, o clube tinha a obrigação de vencer certos jogos. 

Os últimos jogos foram determinantes para o comandante do Botafogo balançar no cargo, empatando com Sergipe e Nova Iguaçu (times da série D), perdendo para a Portuguesa-RJ (clube da série D). Após esse jogo, entende-se que a justificativa de poucos reforços não se mantém, diante dos pontos perdidos com clubes considerados bem mais fracos. 

Sua demissão é considerada muito cara, onde John Textor teria que desembolsar cerca de R$10 milhões a Luís Castro e sua comissão, por conta de vencimentos que o treinador tem para receber até o fim de 2023, quando encerra o seu contrato. Seus próximos jogos serão determinantes para a permanência no cargo, onde irá enfrentar o Brasiliense pela Copa do Brasil e a semifinal da Taça Rio, onde irá enfrentar novamente a Portuguesa-RJ.

Foto destaque: Luís Castro. Reprodução/Blogdocorreiobraziliense.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + três =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...