INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Palmeiras sai na frente, mas Athlético se recupera e busca empate no Campeonato Brasileiro

Athlético e Palmeiras protagonizaram muitos confrontos lotados de emoção nos últimos anos, principalmente na semifinal da Libertadores do ano passado. Dessa vez, a partida válida pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro foi realizada na tarde desse domingo (02), dentro da Ligga Arena e não ficou distante de um jogo recheado de reviravoltas, além de um bom futebol apresentado pelas duas equipes. Ambos tinham objetivos parecidos na tabela, precisavam da vitória e queriam se aproximar no pelotão dos primeiros colocados, não deixando a vantagem aumentar. Um detalhe importante antes da disputa foi a escalação alternativa do Palmeiras, que chegou em Curitiba dando foco aos jovens da academia e poupando alguns dos seus principais titulares. 



Endrick marcou o primeiro gol da partida (Foto: Reprodução/Twitter)


Primeiro Tempo 

A juventude no elenco titular no Palmeiras não afetou o rendimento no confronto contra os donos da casa e conseguiu criar oportunidades para abrir o placar em poucos segundos de partida. Endrick disputou no corpo com Zé Ivaldo próxima da linha de fundo e foi derrubado antes da bola sair, o VAR interferiu na decisão da arbitragem de campo e marcou a penalidade. O jovem atacante palmeirense não cobrou bem e Léo Linck defendeu tranquilamente, levando a melhor. O combate entre o goleiro do Athlético e o camisa 9 alviverde voltou a acontecer e dessa vez, o centroavante foi superior e balançou as redes aos 21 minutos, depois do cruzamento feito por Breno Lopes pela ponta direita, concluindo de peixinho. 

A busca pela vantagem não diminuiu com o primeiro gol e o Verdão seguiu pressionando a defesa adversário. Endrick aproveitou o belo passe de Luís Guilherme e finalizou firme com a perna direita, a bola terminou na trave esquerda de Léo Linck. Em uma das únicas criações ofensivas do Athlético, Erick chegou na linha de fundo e cruzou rasteiro, Christian apareceu no meio dos defensores, mas acabou isolado por cima do gol de Weverton. 



Vitor Roque comemorando seu gol pelo Athlético (Foto: Reprodução/Twitter)


Segundo Tempo 

Com outra proposta na etapa complementar, o Palmeiras esperava uma transição veloz em contra-ataque para decidir a partida. Breno Lopes conseguiu uma finalização no começo, obrigando outra defesa importante do goleiro athleticano. A criação da equipe mandante seguiu tendo dificuldades na infiltração na defesa do Palmeiras, principalmente pela ausência de Fernandinho. Uma das únicas finalizações assustaram foram em finalizações de longe do uruguaio Cannobio e Alex Santana. 

 A resposta dos visitantes foi imediata e muito mais efetiva, Vanderlan desarmou no ataque e depois da tabela, Gabriel Menino finalizou para o gol. O chute colocado do meia acabou com desvio de Thiago Heleno no meio do caminho e terminou nas redes. A partida tomou um rumo completamente diferente aos 18 minutos, Vitor Roque recebeu dentro da área e acertou a mão de Garcia na trajetória da bola, terminando em pênalti assinalado pelo VAR. Vitor Bueno converteu e colocou o Athlético de volta no confronto, agora em vantagem numérica. 

A intensidade na pressão do Furacão aumentou desde a metade da segunda etapa, criando oportunidades em busca do empate. Em menos de 5 minutos, Vitor Roque igualou o placar após cruzamento de Vitor Bueno, a jogada teve outro toque de Madson e terminou na conclusão do camisa 9 athleticano. Procurando uma maneira de manter o resultado, o Palmeiras chegou a praticamente jogar com dois a menos durante os acréscimos, onde Rony acabou sentindo uma contusão e não sobraram substituições, obrigando o palmeirense a jogar no sacrifício. 



Os melhores momentos da partida. (Vídeo: Reprodução/Youtube)


Apesar do crescimento na segunda etapa, o Furacão somou mais um ponto na tabela e alcançou a nona posição, chegando aos 20 pontos. Já o Palmeiras conseguiu se recuperar das derrotas anteriores, porém viu o Botafogo aumentar a vantagem na liderança com 33, enquanto o alviverde tem 23. Para ambos, a próxima decisão no calendário é a Copa do Brasil no meio de semana, o Verdão vai ao Morumbi na quarta-feira (05) enfrentar o São Paulo, às 19h30. No mesmo dia, o Furacão encara o Flamengo dentro do Maracanã, às 21h30. 

Foto Destaque: Vitor Bueno comemorando o primeiro gol do Athlético Paranaense. Reprodução/Twitter 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...