INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Seleção Brasileira é campeã do Mundial de handebol de cadeira de rodas

A Seleção Brasileira é campeã do primeiro Mundial de handebol de cadeira de rodas (HCR4), a disputa ocorreu em Cairo, no Egito, no domingo (25/09). O Brasil enfrentou os anfitriões do torneio, o Egito, na final, e levou a primeira medalha de ouro mundial da história da modalidade.

O Brasil, que criou a modalidade em 1993, confirmou o favoritismo do campeonato e venceu o jogo no tie-break contra o Egito por 2 sets a 1, a seleção da Eslovênia ficou com a medalha de bronze e completou o pódio. A Seleção foi campeã invicta do torneio e perdeu apenas um set de todos os que disputou durante a competição.

Para este Mundial, a Seleção do Brasil foi composta por, Guilherme Lourenço, Aline Martins, Shirlei Catia, Anderson Ferreira, Claudinei Dias, Cristiane Kruger, Paulo Ricardo, Marcelo da Silva, Jordean Pereira e Paula Lima.


Seleção Brasileira comemorando o título (Foto: Reprodução/ Twitter)


No handebol de cadeira de rodas, cada set tem um tempo de 10 minutos e caso cada time vença um dos sets, o jogo é levado para o tie-break, um set de desempate, com tempo de 5 minutos, se mesmo assim ambas as equipes estiverem empatadas a decisão vai para os pênaltis, para assim termos um vencedor.

O jogo de handebol de cadeira de rodas é composto por equipes mistas de 4 jogadores em quadra, e busca crescer no cenário internacional para conquistar uma vaga nas Paralimpíadas. A chancela da Federação Internacional de Handebol (IHF) no primeiro mundial foi um passo para esta conquista.


Seleção Brasileira com a medalha de ouro (Foto: Reprodução/ Twitter)


A decisão se deu justamente com vitória do Brasil nos pênaltis, o primeiro set foi vencido pelo Brasil por 8 a 3, já no segundo set, a Seleção do Egito cresceu na partida junto com o apoio da torcida, nos segundos finais, Touba Magdi Mahmoud Issa, fez o ponto da vitória egípcia no segundo set. No tie-break o jogo ficou empatado em 3 a 3 e foi para os pênaltis onde a vitória do Brasil foi decretada.

Guilherme Lourenço, do Brasil, ficou com o título de MVP do campeonato, e o egípcio, Magdy Talaat Abdo Abbas, ficou com o título de artilheiro da competição.


Guilherme Lourenço, destaque da Seleção Brasileira e MVP da competição (Foto: Reprodução / Twitter)


No ano de 2013, o Brasil, havia sediado o Mundial de handebol de cadeira de rodas, mas naquela época o torneio não tinha a chancela da IHF como ocorreu no Mundial do Egito. Na ocasião o Brasil venceu a Argentina, Austrália, Bolívia, Chile, Uruguai, França, Portugal e Venezuela.

 

Foto Destaque: Seleção Brasileira com o título da competição. Reprodução/ Twitter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − onze =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...