INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Esportes

Clubes da Premier League decidem manter o VAR

Em reunião anual, clubes e liga debateram melhorias para o bom funcionamento da tecnologia

Logo da Premier League
Foto destaque: Logo da Premier League (reprodução/Divulgação/Premier League)

Em uma decisão unânime, os 20 clubes da Premier League votaram pela continuidade do uso do VAR no Campeonato Inglês, conforme anúncio oficial da liga inglesa nesta quinta-feira (06). A votação ocorreu durante a reunião geral anual da entidade, que também abordou diversas propostas para aperfeiçoar a utilização da tecnologia de arbitragem de vídeo, em vigor na principal liga de futebol Inglaterra desde 2019.

Novas tecnologias no horizonte

A Premier League planeja implementar o sistema de impedimento semiautomático no último trimestre do ano, conforme anunciado em abril. De acordo com a liga, essa nova tecnologia proporcionará um desempenho mais rápido e consistente da linha de impedimento, visando aumentar a precisão e a eficiência das decisões de arbitragem.

Durante a reunião geral anual da Premier League, diversos temas relacionados ao aprimoramento do uso do VAR foram discutidos. Entre as questões abordadas estão: a redução de interrupções do fluxo de jogo, a diminuição dos atrasos na retomada das partidas, a proposta de os árbitros anunciarem suas decisões diretamente ao público, a possibilidade de exibição de replays no estádio, a intensificação do treinamento para os árbitros de VAR, a busca por maior transparência na comunicação sobre o VAR e a elaboração de uma campanha para esclarecer o papel dessa tecnologia no jogo.


Linha de impedimento do VAR durante Everton x Liverpool
Linha de impedimento do VAR durante Everton x Liverpool (Foto: reprodução/Premier League)

Críticas ao VAR e propostas de mudanças

Foi o Wolverhampton, que ficou na 14ª posição na temporada 2023/24 no Campeonato Inglês, que sugeriu encerrar o uso do árbitro de vídeo. O clube argumentou que, embora o VAR tenha sido criado “de boa fé”, ele gerou “numerosas consequências negativas não intencionais que estão prejudicando a relação entre torcedores e o futebol”. Essa proposta levantou debates entres os membros da liga sobre o papel e a eficácia do VAR no cenário atual do futebol.

Em uma declaração feita em fevereiro deste ano, a Premier League reconheceu as falhas do VAR, admitindo que o sistema estava longe de estar bom. Especialmente criticados foram o tempo excessivo para tomar decisões e os critérios empregados pelos árbitros. A liga se comprometeu a redobrar os esforços para melhorar o desempenho da tecnologia, visando alcançar níveis satisfatórios que atendam às expectativas de jogadores, clubes e torcedores.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...