INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Moda

Estlista Jum Nakao relembra bastidores de desfiles históricos em documentário

O estilista Jum Nakao, 56, conta através de documentário, um pouco dos bastidores de desfiles que fizeram história na São Paulo Fashion Week. Em um dos desfiles mais icônicos promovido pelo estilista da Recco, participaram diversas modelos de peso, dentre elas Giane Albertoni, onde o designer inovou ao trazer para as passarelas peças produzidas de formas diferentes com papel vegetal, ocasionando na época perplexidade e admiração.

A idéia do famoso estilista era mexer com o imaginário do público que acompanhava o maior evento ligado a moda na América Latina. Durante entrevista a publicação da revista Elle, Albertoni relembra o dia considerado por muitos, como antagonico. “Foi uma honra incrível poder presenciar um artista criando e estar presente em um ponto crucial de nossa história. Confesso que não foi fácil rasgar aquela obra de arte. Deu uma dor no coração. Mas o resultado final foi épico e acho que era exatamente isso que Jum idealizava”, disse a modelo.


Giane Albertoni, desfila um das criações do estilista Jum Nakao (Foto: Getty Images)


O renomado estilista, resolveu fazer um rewiew aos anos 2000, mais precisamente, 2004, ano que marcou época e fez história pelas suas criações e pela “fuga” do tradicional. Ele recriou peças inspiradas no desfile chamado por ele, “de papel”, onde desenvolveu nove peças em crepe e charmeuse, baseadas em calçinhas, sutiãs, camisolas, todas confeccionadas em presto e branco.” É um tributo ao desfile de papel, porém transportado para o universo da lingerie e do loungewear. É uma valorização do trabalho artesanal; é de uma delicadeza imensa”, afirmou Nakao durante conversa com a Elle.


Designer, foi convidado pela Recco, para criar um linha exclusiva de peças que vai de lingerie a loungewear (Foto: Divulgação)


Confira outra imagem dos desfiles:


Um dos desfiles memoráveis, produzidos por Jum Nakao, na SPFW temporada 2004 (Foto: Divulgação/Internet)


O documentário chamado “O invisível da moda brasileira“, poderá ser visto na plataforma do YouTube: “Daí, tivemos a ideia de documentar esse resgate”, adiantou ele.

Sobre os próximos passos para o mundo da moda, Jum Nakao vislumbrou: “A coleção de papel foi parar nos livros do ensino fundamental. É tido como um exemplo do que é arte. Estamos em constante evolução. Atualmente, a internet coloca em xeque o fast-fashion, que assombrava o mundo em 2004”, concluiu ele para a publicação.

 

Foto destaque: Reprodução/ Internet/ SiteOficial Jum Nakao)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.