INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Money

Confira quanto gastou o Catar na Copa do Mundo mais cara da história

Estimativas apontam que nos últimos 10 anos o Catar vem gastando US$ 220 bilhões na preparação da Copa do Mundo; 500 milhões por semana segundo o ministro das finanças do país

Ontem (20) foi dada início a Copa do Mundo de 2022, o país sede, Catar, enfrentou e perdeu de 2×0 para o Equador. Essa edição do evento já é conhecida como de longe a mais cara de todas, estima-se que a pequena nação do Oriente Médio lançou mão de até US$ 220 bilhões desde que foi escolhida como sede da Copa do Mundo, no final de 2010, valor 15 vezes maior que a Rússia gastou em 2018 na edição anterior.

Em 2017 o ministro das finanças do Catar disse que o país estava gastando 500 milhões por semana para preparar estradas, estádios, hotéis, atualizações de aeroportos e outros projetos de infraestrutura para a Copa do Mundo de 2022.

A decisão da Fifa em aceitar o pedido do Catar para ser o país sede da Copa ainda é muito discutida, e parece não estar claro se a organização ou o país se beneficiará do evento. Semana passada o ex-presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse ao jornal suíço Tamedia que deixar o Catar sediar foi equivocado, “É um país muito pequeno” … “O futebol e a Copa do Mundo são grandes demais para isso.”

Além de ganhar os holofotes da mídia internacional por ser o país sede, o Catar vem sendo alvo de suspeitas ao potencialmente explorar milhares de trabalhadores, muitos de outras nacionalidades, que morreram por um salário-mínimo enquanto trabalhavam sob condições intensas na construção dos grandes projetos.