INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Money

Dono da Tesla da palas de seus próximos empreendimentos em terras brasileiras

 

Elon Reeve Musk, bilionário, filantropo e CEO da Tesla, mostrou que tem muito mais entusiasmo no  mercado do Brasil, e essa euforia extrapola o compromisso de tornar 19 mil escolas em zonas rurais conectadas, e o controle da Amazônia por meio de um satélite. O problema é que o governo brasileiro já tem esse programa que o sul-africano quer vender para o país.

Uma das pautas da visita de Musk com os executivos da Starlink ao Brasil era sinalizar a conselheiros da Agencia Nacional de Telecomunicações (Anatel) o interesse em conseguir anuência para proposta de internet de banda larga aos viajantes de voos comerciais no Brasil. “Ele se mostrou muito interessado nesse mercado de aviação comercial e perguntou sobre a necessidade de outorga para oferecer internet em aviões comerciais”, relata o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Carlos Manuel Baigorri.

Em um bate papo, o presidente da Anatel deixou claro que para disponibilizar internet nos aviões é imprescindível uma outorga de SLP (serviço limitado privado). “É uma outorga bastante simples, concedida em um prazo de 10 dias úteis”, lembra Baigorri. Parece que Elon Musk ficou satisfeito com a conversa.

Para o caso especifico o processo bem mais célere que o pedido de aprovação para que a Starlink operasse satélites de baixa órbita no Brasil. O corpo colocado em órbita fica mais perto do chão, e oferta uma internet com mais velocidade para as regiões afastadas, essa é uma das primazias da agenda do ministro das Comunicações, Fabio Faria.


{slide}


No mês de janeiro, foi dado o reconhecimento à starlink para operacionalizar 4.408 satélites por cinco anos. O protocolo de solicitação foi realizado pela empresa em maio do ano passado e foi examinado por uma equipe técnica da agencia e discutido em dois encontros. Na América do Norte, a empresa opera  internet de banda larga via satélite em voos comerciais.

A Starlink consumou um pacto com a empresa Hawaiian Airlines no mês passado que disponibiliza o serviço gratuitamente nos voos domésticos dentro dos Estados Unidos e em voos internacionais para Ásia e Oceania. O Brasil esta na lista dos cinco maiores mercados de voos domésticos do mundo, isso chama atenção do proprietário da SpaceX.

O numero de passageiros que viajaram pelo país ano passado foi cerca de 62,5 milhões de passageiros, numero maior do a população da Itália. E o segmento está de vento em popa, no ano de 2021, subiu 20,4% em comparação a quantidade de passageiros em 2020. Esse ano o setor mostrou recuperação após a melhora.

 

 

 

Foto destaque: Reprodução/Showmetech

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × cinco =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...