INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Money

Etanol ganha vantagem sobre gasolina em 4 estados

Após 22 semanas consecutivas em alta, o etanol ainda se mostra pouco competitivo em relação à gasolina na maioria dos estados do país, sendo vantajoso em 4, apenas: Goiás, Mato Grosso, Paraíba e São Paulo – além do Distrito Federal.

O resultado se deu através de um levantamento feito semanalmente pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que levou em consideração dados analisados pelo país entre os dias 2 e 8 do mês de outubro.
A competitividade do biocombustível é calculada quando o preço do etanol atinge no máximo 70% da gasolina. Contudo, executivos do setor afirmam que o etanol pode ser mais competitivo que a gasolina mesmo com paridade maior que 70%, dependendo do veículo a ser abastecido com o biocombustível.

A lista de maiores competitividades é liderada pelo estado do Mato Grosso, onde o etanol tem média de preço de R$ 2,97 – única abaixo de R$ 3 em todo o Brasil – contra R$ 4,84 da gasolina.

Em seguida vem o estado de Goiás, que conta com o álcool a R$3,25 e a gasolina a R$ 4,83. Depois dos estados do Centro-Oeste, vêm os estados de São Paulo e Paraíba, onde a vantagem já se aproxima do limite. Em território paulista a média do preço do etanol é de R$ 3,26 e da gasolina de R$ 4,69. Já no estado nordestino a disparidade é ainda maior entre o álcool e o combustível rival: R$ 3,35 e R$ 4,83, respectivamente.
Por último, vem o Distrito Federal, onde os combustíveis se equivalem: o litro do etano custa R$ 3,53, já a gasolina R$ 4,99.

Em contrapartida, a competitividade entre os dois combustíveis se mostra muito ruim em alguns estados, como o Amapá, onde o etanol é vendido a R$ 4,99 contra R$ 4,53 da gasolina, Pará (R$ 4,38 e R$ 4,60), Rio Grande do Sul (R$ 4,57 e R$ 4,67) e Roraima (R$ 5,07 e R$ 5,31).


Etanol ainda se mostra pouco competitivo em relação à gasolina na maioria dos estados do país. (Reprodução/ prostooleh)


Enquanto o etanol voltou a subir após algumas baixas consecutivas, a gasolina abaixou. O combustível, que chegou a custar R$ 7,39 em algumas áreas do país no fim do primeiro semestre, hoje tem média de R$ 4,79 no país.

Porém, apesar das baixas, o petróleo voltou a subir. Por conta da alta nos preços, a gasolina fechou a última semana com uma defasagem de 0,32 por litro, segundo o relatório da Associação Brasileira dos Importadores dos Combustíveis (Abicom). Com isso, a Petrobras volta a ser pressionada por novos ajustes, porém desta vez para cima.

Foto destaque: Etano só se mostra vantajoso em relação à gasolina em apenas 4 estados do país. Reprodução/rawpixel.com

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 10 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...