INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Money

Lista apresenta as empresas que mais geraram bilionários no Brasil em 2022

Dos 290 bilionários do ranking da Forbes deste ano, 29 têm a WEG como fonte de suas fortunas. A multinacional WEG (WEGE3) é de longe a empresa brasileira que mais gerou bilionários no país. Ao todo, a companhia tem 29 acionistas na lista da Forbes, que, juntos, somos R$ 60 bilhões em fortuna.

A segunda companhia que mais contribuiu para o clube dos dez dígitos brasileiros tem menos da metade de acionistas bilionários da primeira colocada: a Itaúsa (ITSA4), com 11 sócios majoritários. Juntos, eles são donos de um patrimônio de R$ 33 bilhões.

A lista da Forbes de bilionários brasileiros calcula a fortuna dos super ricos com base em suas participações acionárias em empresas listadas em bolsas de valores. A data de corte da apuração de 2022 considerou o patrimônio de 31 de maio deste ano.


Gráfico Bolsa de Valores. (Reprodução/Instagram)


Confira as 10 empresas que mais geraram bilionários:

1.WEG: 29

2.Itaúsa: 11

3.Magazine Luiza: 7

4.Rede D’or: 7

5.BTG Pactual: 6

6.CCR: 6

7.M.Dias Branco: 6

8.Suzano: 6

9.Votorantim: 6

10.Amaggi: 5

 

WEG

Fundada em 1961 pelos empresários Eggon João da Silva, Werner Ricardo Voigt e Geraldo Werninghaus, em Jaraguá do Sul, Santa Catarina. Hoje, a fatia dos fundadores está na mão de seus netos. Ao todo, a fortuna gerada pela WEG soma R$ 60,42 bilhões – um valor que recuou 25% em relação a 2021 devido à queda das ações da empresa na bolsa de valores.

Itaúsa

Holding controladora do maior banco privado da América Latina, o Itaú Unibanco (ITUB4), a Itaúsa foi fundada por Egydio de Souza Aranha. Os principais acionistas bilionários e herdeiros das famílias Setúbal e Villela. Alfredo e Ana Lúcia Villela são bisnetos de Egydio de Souza Aranha, acionistas individuais da Holding, com fortunas estimadas em R$ 8,90 bilhões e R$ 8,15 bilhões respectivamente. Juntos, eles somam 23% de participação nas ações com direito a voto da companhia.

Magazine Luiza

Luiza Trajano Donato e seu esposo Pelegrino José Donato fundaram o Magazine Luiza. Durante muitos anos a empresa varejista ficou na mão de sua sobrinha Luiza Helena Trajano – maior acionista individual da companhia, com cerca de 17% das ações e uma fortuna estimada em R$ 4,30 bilhões. Ao todo, os acionistas da varejista somam R$ 14,54 bilhões de fortuna e se dividem entre membros da família Trajano e da família Bittar Garcia.

Rede D’or

O cardiologista Jorge Neval Moll Filho, fundou o maior grupo hospitalar do Brasil: a Rede D’Or, que hoje tem mais de 50 hospitais, incluindo os da grife São Luiz. A empresa fez sua abertura de capital na bolsa de valores em 2020, movimentando R$ 11,3 bilhões. O médico se manteve como o principal acionista da companhia. Na lista da Forbes deste ano ele aparece na 22ª posição, com uma fortuna avaliada em R$ 13,60 bilhões. Ao todo, a Rede D’or proporciona R$ 27,28 bilhões à família Moll.

Objetivo da multinacional WEG (WEGE3), é manter a posição no ranking, e fortalecer cada vez mais o mercado.

 

Foto Destaque: Gráfico bolsa de valores. Reprodução/Instagram 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + onze =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.