INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Money

US$ 60 bilhões é o tamanho do prejuízo sofrido por bilionários de criptoativos após enfraquecimento do mercado

US$ 60 bilhões é o tamanho do prejuízo sofrido por bilionários de criptoativos após enfraquecimento do mercado

 

Do mesmo jeito que desabrocham fortunas no universo das criptomoedas, a volatilidade apresentada  pelo mercado acaba comprimindo fazendo que elas retrocedam de forma brutal com a intensidade de uma maré de retorno.

No geral os criptoativos perderam valor caindo 26%, a mais famosa delas, o bitcoin, teve baixa de 25% desde março, 11, quando a forbes estimou existirem 19 bilionários no ramo dos ativos digitais espalhados pelo mundo, agora esse número caiu para 16.

Os figurões com riquezas atreladas aos valores dos criptoativos e aos papeis de empreendimentos do comércio cripto não estão vivendo semanas de agonia vendo suas fortunas escoar como água pelo ralo. US$ 60 bilhões é o total das perdas sofrida pelos 11 bilionários mais ricos do segmento, apontou estimativas da Forbes. O colapso dos ativos digitais deletou US$ 400 bilhões do mercado.

O maior prejuízo foi computado por apenas um desses investidores, Changpeng Zhao, CEO da Binance, o bilionário era o detentor da maior fortuna até março, ostentando um patrimônio digital de US$ 65 bilhões. Segundo levantamento da Forbes, o conjunto de riquezas de Zhao vale US$ 17,4 bilhões.

Mesmo com esse infortúnio, o CEO da Binance, não parece muito preocupado. O bilionário declarou através do Twitter, quarta-feira (11), que ”precisamos respeitar o mercado, e sermos cautelosos também. Ele sobe e desce em ciclos. E ele nem sempre faz sentido”, comentou. Essa afirmação parece muito com as palavras que Warren Buffett proferiu em reunião de acionistas da Berkshire Hathaway, que disse,”as vezes os mercados fazem coisas malucas”, no caso do Guru de Omaha essas coisas malucas foram benéficas para seus negócios.


US$ 60 bilhões é o tamanho do prejuízo sofrido por bilionários de criptoativos após enfraquecimento do mercado

A volatilidade das criptomoedas abalou a fortuna de 11 bilionários. (Foto: Reprodução/PortaldoBitcoin)


 

Os fundadores da Exchange Coinbase, listada na Bolsa Nasdaq, Fred Ehrsam e Brian Arsmtrong, ficaram sem metade de suas fortunas. Hodiernamente o CEO da Coinbase possui US$ 2,8 bilhões nos cofres. Até março, o patrimônio acumulado era US$ 6,6 bilhões. Após sair da empresa em 2017, Eshrsam deixou o status de bilionário, sua fortuna agora não passa de US$ 986 milhões.

Na sexta-feira (13)as ações da Coinbase encerraram a US$ 67,87, queda de 57% desde 11 de março. Os ativos perderam 80% do valor desde a alta de US$ 343 de novembro de 2021.

Eshram continua otimista e confiante em relação as criptomoedas, no domingo ele publicou no Twitter fotografia de Michael Burry, do filme “A Grande Aposta”, protagonizado por Christian Bale, que narra a história de Michael Burry, guru de Wall Street. Armstrong refutou qualquer possibilidade da Coinbase flertar com a falência após documento apresentado para autoridades de regulação assustar os investidores.

Foto destaque: Reprodução/SeuDinheiro

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...