INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Mundo Animal

A batalha pela proteção dos elefantes Super Tuskers no Quênia

Restando aproximadamente 25 elefantes “Super Tuskers” em todo o mundo, a maioria está no Parque Nacional Tsavo East, Quênia.

Conhecido como “teatro da natureza”, o Parque Nacional Tsavo East é o mais antigo do Quênia.

O Parque forma com outras áreas de conservação, uma área de preservação em torno de 42 mil quilômetros quadrados, chamada de ecossistema Tsavo.

Lá é o lar de leões, zebras, gnus, rinocerontes, búfalos, leopardos e chetas, além do gigante que impressiona as pessoas: o Super Tusker, com 3 a 4 metros de altura, é um tipo raro de elefante.

O conservacionista Joseph Kyalo lembra:

Meu primeiro encontro com uma grande presa foi aqui no Parque Nacional de Tsavo e fiquei impressionado com o tamanho das presas. Eles eram enormes, com mais de 45 quilos de cada lado, e eram muito longos e simétricos, quase tocando o chão.

Joseph se apaixonou pelos elefantes e foi assim que iniciou sua carreira de conservacionista e piloto da Tsavo Trust, uma organização que se dedica a proteger os animais da Tsavo Conservation Area (TCA) e principalmente, os Super Tuskers.

O ecossistema de Tsavo contém indiscutivelmente o maior número de grandes presas na África” diz Joseph.


 A caça furtiva dos enormes elefantes reduziu bastante seus números.

Esses enormes elefantes estão sob constante ameaça de caçadores de troféus e caçadores de troféus em países onde a prática é permitida”, diz Kyalo. “Restam aproximadamente 25 indivíduos no mundo, a maioria dos quais reside na Área de Conservação de Tsavo. É vital que todos os esforços sejam feitos para proteger o que é indiscutivelmente o último pool de genes viável dos ‘Big Tuskers’ restantes.”

A caça furtiva e a caça de troféus não são as únicas ameaças à vida selvagem do Quênia. “Outras questões incluem conflitos entre humanos e animais selvagens”, diz Kyalo. Já se sabe que elefantes e outros animais invadem as plantações das pessoas, levando a represálias. Tsavo Trust e KWS trabalham para abrandar o problema e por isso constroem cercas em torno de áreas de cultivação.

Muita conscientização sobre a conservação foi feita por nossa equipe do departamento comunitário para promover a coexistência entre a vida selvagem e as pessoas”, diz Kyalo.

Joseph pensa que não vale a pena pensar em futuro sem que exista os Big Tuskers em Tsavo. Ele e sua equipe continuam trabalhando para monitorar os elefantes e assim preservá-los e multiplicar seus números.

Foto de capa: Divulgação/Tsavo Trust

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...