INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Mundo Animal

Após 3 girafas mortas no Rio de Janeiro, ambientalistas denunciam maus-tratos

18 Girafas foram compradas e importadas de Joanesburgo, África do Sul, por um zoológico do Rio de Janeiro em novembro do ano passado. Diversas denúncias de maus-tratos e irregularidades vem gerando até protestos de ambientalistas principalmente depois que 3 delas morreram.

As 18 girafas chegaram no dia 11 de novembro e foram trazidas para um galpão onde permaneceram por 1 mês com intuito de fazerem quarentena e adaptação.

Após esse período de adaptação, no dia 14 de dezembro foram levadas para uma área onde estavam tomando sol, quando 6 das girafas conseguiram fugir atravessando uma cerca. Todas conseguiram ser recapturadas, porém 3 delas vieram a óbito algumas horas depois.

Investigações foram abertas após o ocorrido, não foram constatados nenhum tipo de ferimento nas girafas de acordo com cientistas do Ibama. As mortes podem estar ligadas a atividade física extrema causada pela fuga pós-período vivido em local impróprio.

Um laudo entregue por veterinários contratados para investigações apontou que a causa das mortes das 3 girafas foi miopatia, condição que pode ser causada por estresse.


Espaço reduzido em que as girafas se encontram (Foto: Reprodução/Divulgação)


A instrução do Ibama para que esses animais sejam mantidos e de 600 metros quadrados para cada grupo de animais. Segunda as denúncias as girafas eram mantidas em grupos de 3 dentro de baias de 40 metros quadrados, em meio a fezes e urina, sem ventilação e sem acesso à luz além de não apresentarem nenhum tipo de enriquecimento ambiental.

Vale ressaltar que após a morte das 3 girafas, há mais de um mês, as outras girafas não realizaram mais nenhum passeio ao ar livre.

Os protestos com grupos de ativistas estão acontecendo em frente ao zoológico. Além de protestarem contra as mortes e os maus-tratos, os ativistas querem explicações sobre os motivos da importação das girafas.

Em respostas aos questionamentos os representantes do zoológico afirmaram que era para a conservação da espécie, porém a girafa não faz parte de nossa fauna. O laudo do Ibama confirmou que a importação ocorreu de forma ilegal já que as girafas foram retiradas da sua natureza selvagem.

O Ministério Publico Federal já recomendou o retorno das girafas para África do Sul, tendo ainda afirmação do Ibama que nenhum dos zoológicos brasileiros tem capacidade de receber um grupo tão grande. As girafas ainda aguardam no mesmo local inadequado.

Foto destaque: Girafas em galpão no zoologico. Reprodução/Divulgação

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 13 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...