INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Música

Elza Soares deixa disco “Nos Tempos da Intolerância”

Elza Soares deixa disco “Nos Tempos da Intolerância”

“Nos Tempos da Intolerância”, novo trabalho da cantora Elza Soares, foi gravado cinco dias antes da partida da cantora. O disco foi revelado durante reportagem exibida no programa “Fantástico” no domingo (18); o projeto chegará nas plataformas de streaming de música na sexta- feira (23), mostrando toda essência da artista em um trabalho bastante autoral.


Elza Soares deixa disco “Nos Tempos da Intolerância”

Elza Soares (Foto: Reprodução/Twitter)


O disco é composto por dez faixas totalmente inéditas, todas com uma singularidade incomum por conter composições feitas exclusivamente por mulheres, as letras são retalhos tirados de um diário pessoal da artista, com citações e ideias de todas as formas, além de retalhos de letras feitas por Elza enquanto ainda estava viva.

Elza é conhecida por conta de sua discografia e legado no mercado fonográfico brasileiro, sendo uma pioneira dentro do gênero do samba nacional, sobretudo pela identidade visual incomum e carregada de referências às suas raízes. Sua musicalidade desde o início é marcada pela poesia de saber passar sentimentos e emoções através de suas canções.

A critério de comparação, no trabalho novo, a faixa “Pra Ver Se Melhora”,  é uma singularidade tirada de uma coisa comum a todos, no entanto, para Elza, foi uma oportunidade que emergiu dentro de uma tarefa comum, uma lista de compra feita pela própria cantora, dessa forma nasce uma letra capaz de passar a mensagem dela a todos. 

O disco tem vários pontos de referências de experiências tirada de dentro das páginas do diário da cantora como, brigas, fatos relacionados a vida pessoal e carreira, as voltas que deu por cima, até mesmo aulas de inglês é possível ter o deslumbre de ler nas anotações, isso tudo sendo explorado de forma magistral ao longo dos 70 anos de vida da artista pela qual o Brasil aprendeu a amar, respeitar e sobretudo, ouvir.   

O trabalho vai ganhar clipes feitos a partir de inteligência artificial para moldar todo o projeto, tendo como foco principal a maneira de mostrar as várias facetas da cantora em diferentes momentos da carreira, colocando sempre em evidência uma frase pela qual ela gostava que é, “Não Ter Idade, e sim Tempo”, Elza morreu aos 93 anos e deixou um legado na música brasileira.

 

Foto. Capa do Disco de Elza Soares. Reprodução/Twitter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...