INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Música

Kanye West defende parceria com Marilyn Manson e DaBaby e critica movimento ‘Me Too’

Kanye West causou revolta e polêmica enquanto promovia seu último álbum ‘DONDA’, em agosto deste ano. Isso porque o rapper levou ao palco o cantor Marilyn Manson e o rapper DaBaby junto com ele, duas celebridades “canceladas” por atitudes não aprovadas pelo público. Kanye defendeu a decisão de cantar com os dois em recente entrevista para o Drink Champs podcast.


Assista a entrevista (Reprodução/Youtube)


“Toda essa questão do Me Too… Tipo, quando me sento ao lado de Marilyn Manson e DaBaby logo depois que os dois foram cancelados, por cinco músicas, você sabe, é como se eles não pudessem cancelar todos nós”, disse Kanye.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Kanye-West-nega-divorcio-com-Kim-Kardashian-Ela-ainda-e-minha-esposa

https://inmagazine.ig.com.br/post/Kanye-West-consegue-aprovacao-da-justica-e-passa-a-se-chamar-Ye

https://inmagazine.ig.com.br/post/Giovanna-Ewbank-e-Bruno-Gagliasso-recebe-cliques-de-seu-filho-Bless

O ‘Me Too’ é um movimento contra assédio sexual e agressão sexual que ganhou força em 2017, quando a atriz Alyssa Milano pediu em seu Twitter para todas as pessoas que já passaram por isso compartilhassem suas histórias através da #Metoo e quebrassem o silêncio contra os agressores. O movimento logo teve grande repercussão e nomes de inúmeros famosos surgiram, tanto como vítimas, quanto como agressores.

O cancelamento de Marilyn Manson ocorreu por acusações de assédio e estupro de diversas mulheres, incluindo a atriz Evan Rachel Wood, e por agressão a um cinegrafista em 2019. No último caso, ele chegou a ser preso. Hoje, Manson diz ter se convertido ao cristianismo.

Já a polêmica envolvendo DaBaby, ocorreu esse ano quando o rapper fez comentários homofóbicos e problemáticos sobre HIV durante um show: “Se você não apareceu hoje com HIV, AIDS ou qualquer uma dessas doenças sexualmente transmissíveis, ligue a lanterna do seu celular“, disparou.

E ainda acrescentou: “Rapazes, se vocês não estão chupando um pau no estacionamento, ligue a lanterna do seu celular“.

Tudo isso aconteceu antes de Kanye chamar os dois famosos para se apresentar com ele. Por esse motivo, os fãs ficaram muito decepcionados com Kanye por ignorar assuntos tão sérios ao concordar e defender essa parceria.


 

Kanye West, DaBaby e Marilyn Manson (Foto: Reprodução/GettyImages)


Kanye e Manson voltaram a ser criticados por cantarem juntos em uma das missas dominicais do rapper que aconteceu no último dia 31, ao lado do cantor Justin Bieber. Internautas pegaram fogo e acusaram Kanye de usar a palavra de deus para defender um abusador.

Ele continuou na entrevista: “E também, há mulheres que passaram por coisas realmente sérias, entraram em becos contra a vontade – isso é diferente de um abraço, mas é classificado como a mesma coisa“

Depois de várias falas controvérsas, o artista anunciou que não tem medo da cultura do cancelamento.

Foto destaque: Reprodução/Twitter

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...