INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Outros participantes denunciam irregularidades no festival ‘I Wanna Be Tour’ após jovem morrer eletrocutado

Wanna Be Tuor
O festival alega ter seguido protocolos de segurança, entretanto, testemunhas negam (reprodução/Instagram/@wannabetuor)

No último sábado (09), João Vinícius, de 25 anos, morreu eletrocutado ao se apoiar em uma estrutura metálica durante uma tempestade, no I Wanna Be Tour, festival de música que aconteceu no Rio de Janeiro. Não obstante, outros participantes do festival também relataram manuseio elétrico indevido no ambiente. 

Choque e falta de aterramento

As redes sociais da Wanna Be Tour se tornaram meio de denúncias para os ocorridos durante o festival. Diversos participantes usaram a conta no Instagram para relatar que também sofreram choques ao encostar em determinadas estruturas, todas metálicas, como balcão de bares e lanchonetes. Outros demonstraram revolta com a morte do jovem de 25 anos. 

O Jornal O Globo entrevistou um dos participantes do evento, que testemunhou pessoalmente os efeitos da falta de aterramento e uso indevido de fiações e eletricidade. Rodrigo Mota, de 33 anos, é formado em eletrotécnica e relatava sua experiência ao tomar um choque após encostar em uma estrutura metálica. 

Rodrigo relata que logo após o início do evento ele decidiu comer algo e, enquanto aguardava o preparo do alimento, se encostou em um bloco metálico: “Um pouco depois do início do evento, decidi comer algo, esperei o pedido ficar pronto e encostei num bloco de ferro que era usado como suporte para prender uma tenda. Eu estava suado e senti aquele choque, como se fosse uma agulha”, ele ainda conta que se assustou e em seguida comunicou o amigo que havia tomado um choque. 

“Eu tinha encostado num bloco de ferro de alumínio que tinha uns 40 centímetros de altura por uns 30 centímetros. Nele tinha um ferro fincado para fazer o peso para as amarrações e a tenda. Nesse processo, acredito que por economia ou pressa, colocaram parte da fiação em cima. E como não teve aterramento, servia como um ótimo condutor de energia”, continuou Rodrigo, detalhando o momento do eletrochoque.

Rodrigo Mota também conta que comunicou quem trabalhava na barraca e, em seguida, contatou alguém da produção, também comunicando-o e diz tê-lo visto usando o rádio logo após sua denúncia, entretanto, não tem certeza se realmente alguém foi contatado pelo Staff. 

Mais irregularidades 

O eletrotécnico ainda comentou a respeito de outras irregularidades que constatou no decorrer do evento. 

Ele conta que nos banheiros a repartição da área masculina e feminina era feita por uma placa de metal e também que havia uma pia com um cabo de energia logo atrás, de no mínimo 380 volts, segundo Rodrigo.

“Estava aberto logo atrás da torneira, com água respingando. Perto dali estavam uns seis seguranças. Eu avisei a eles que o risco de acontecer algum problema era muito grande. Um deles falou: “Não. Está tudo certo”. E eu disse: “Já tomei um choque mais cedo. Isso tem que ser passado para frente”. Todas as vezes que eu via alguma estrutura, mostrava as que não tinham aterramento.”

Rodrigo Mota e Júlia, outra testemunha, alegam que o público não foi orientado, o que vai contra o comunicado emitido pela 30e, onde afirmam ter seguido o protocolo de segurança. 

Julia também relatou sua experiência com a eletricidade manuseada de forma incorreta pelo evento, a estudante relatou que, antes da chuva, levou um choque ao encostar em uma mesinha de metal de um food truck.

“Eu encostei ali, levei um choque, cheguei a dar um pulo para trás. Parecia que tinham me batido. Fiquei assustada. Uma amiga estava do meu lado e também se assustou”, contou Júlia. 

“Mais tarde, quando a chuva apertou, só subiram no palco para dizer que ainda estavam avaliando se o festival ia continuar por conta das condições do tempo, mas não deram nenhuma orientação”, finaliza a estudante, contrariando o comunicado emitido pela organizadora do festival.


Comunicado
Em sua conta no Instagram, o festival I Wanna Be Tuor compartilhou uma nota a cerca do ocorrido (reprodução/Instagram/@wannabetour)

Simple Plan

Em nota publicada nas redes sociais, a banda Simple Plan, que se apresentou no sábado (09), se pronunciou a respeito.

“Estamos totalmente arrasados. Nosso coração está partido com essa notícia, e queremos expressar nosso profundo pesar e solidariedade à família e amigos”, compartilhou a banda em publicação assinada pelos integrantes. 


Pronunciamento
A banda Simple Plan compartilhou seu pesar nas redes sociais (reprodução/Instagram/@simpleplan)

O pronunciamento repercutiu entre os fãs e o público do evento, elogiando o compadecimento da banda em relação ao acontecimento.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...