INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Brasil e França lançam programa de 1 bilhão de euros para proteger a Amazônia

Os presidentes se encontraram em Belém para discutir a preservação da floresta tropical

Brasil e França lançam projeto de 1 bilhão de euros para proteger a Amazônia
Foto destaque: O presidente Lula e o presidente da França, Emmanuel Macron (reprodução/Ricardo Stuckert/X/@LulaOficial)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciaram nesta terça-feira (26) um plano para investir 1 bilhão de euros (R$ 5,4 bilhões) na Amazônia, incluindo partes da floresta tropical na vizinha Guiana Francesa.

Entenda

O anúncio foi feito por Emmanuel Macron em conjunto com o presidente Lula durante visita à Ilha do Combu, em Belém, no Pará. 

Os governos dos dois países afirmaram que o dinheiro será distribuído ao longo dos próximos quatro anos para proteger a floresta tropical. Será uma colaboração entre bancos estatais brasileiros e a agência de investimentos francesa. Recursos privados também serão bem-vindos, disseram Brasil e França.


Lula e Emmanuel Macron em Belém, no Pará
Lula e Emmanuel Macron em Belém, no Pará (Foto: reprodução/Ricardo Stuckert/X/@LulaOficial)

Macron iniciou sua visita de três dias ao Brasil na cidade amazônica, onde encontrou com seu aliado de longa data. O presidente francês pegou então um barco até a ilha de Combu para se encontrar com líderes indígenas. 

Emmanuel Macron reforçou ainda que continuará apoiando os povos indígenas e as comunidades locais amazônicas. 

Além disso, os presidentes anunciaram o relançamento do projeto de um centro franco-brasileiro sobre biodiversidade amazônica. Prevista em um acordo de 2008, o Instituto tem como objetivo o desenvolvimento de pesquisas por meio de universidades e outros centros científicos, além de criar uma coalizão de empresas para levantar fundos que patrocinem as atividades. 

Esforço bilateral 

Macron destacou a importância de um diálogo contínuo entre Paris e Brasília nos próximos dois anos, visando ampliar as metas compartilhadas, incluindo a reforma da governança e o aumento do capital do Banco Mundial. Essas medidas visam fortalecer a capacidade do órgão para financiar um “Green Deal Global” em setores cruciais como energia, infraestrutura e indústria, ao mesmo tempo, em que se comprometem a combater a pobreza.

Foram abordados outros pontos relacionados aos esforços conjuntos do Brasil e da França, incluindo a urgência de implementar um imposto mínimo sobre altos rendimentos em escala global, exigindo um compromisso mais robusto na luta contra a evasão fiscal. E a importância de desenvolver um amplo plano de investimento na bioeconomia, visando à preservação das florestas e ao mesmo tempo proporcionando oportunidades econômicas para os locais.

Macron também prometeu que a França trabalhará com as autoridades brasileiras para tornar operacional a ponte sobre o rio Oiapoque. Além de discutirem questões envolvendo refugiados e a pesca ilegal.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...