INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Brasileiras são vítimas de racismo durante palestra em Harvard

As duas pesquisadoras denunciaram três brasileiras brancas que estavam na plateia e teriam feito comentários racistas sobre suas tranças

Naira e Marta
Foto destaque: duas pesquisadoras denunciaram comentários racistas de brasileiras em evento em Harvard (reprodução/ Brazil Conference)

Duas brasileiras embaixadoras do “Brazil Conference”, evento na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, foram vítimas de racismo, no último sábado (6). As palestrantes Naira Santa Rita e Marta Melo denunciaram três brasileiras que estavam na plateia, ambas brancas, que comentaram sobre as tranças das duas. No final da apresentação, no painel sobre impacto social, as duas comentaram sobre o que haviam acabado de presenciar.

Reação das palestrantes

Naira relatou que três mulheres que estavam sentadas próximo ao palco, em determinado momento do evento, se questionaram “se havia piolho nessas tranças e dreads”. Segundo a brasileira, as agressoras estavam falando sobre o cabelo das duas embaixadoras em inglês, deduzindo que as duas não sabiam falar a língua. Naira disse que, assim que ouviu a conversa das três, repreendeu por um olhar os comentários racistas e as mulheres se retiraram do auditório.

 “O que elas não esperavam é que eu falo inglês. Eu imediatamente as olhei de forma que elas entenderam que eu havia compreendido o racismo que estava acontecendo ali e as mesmas se retiraram”

No final do segundo dia de evento, Naira e Marta se posicionaram sobre a situação que haviam vivido no painel sobre impacto social, mediado pela atriz Regina Casé. Naira disse, no relato, que costuma confrontar o racismo, mas , naquele momento, julgou que poderia perder mais que aquelas mulheres brancas.

“Pois eu e Marta, mulheres negras, temos muito mais a perder do que 3 meninas brancas de Harvard. Se nós as tivéssemos confrontado, nós teríamos sido vistas como mulheres negras raivosas, escandalosas e até mesmo vitimistas”

A carta das duas embaixadoras também reivindicou mais representatividade para o evento e solicitaram medidas efetivas para combater atitudes ou falas racistas no Brazil Conference.

“Enquanto estivermos com discursos cheios de práticas vazias, não só o Brasil, nosso amado país, mas também a Brazil Conference e suas estruturas vão continuar refletindo e perpetuando a manutenção das estruturas racistas, excludentes, que não representam o Brasil que queremos de forma alguma”


naira e marta
Naira e Marta se abraçando depois ler o relato da situação racista que sofreram no Brazil Conference (foto: reprodução/ Brazil Conference)

Quando Naira terminou seu depoimento, as duas pesquisadoras, que estavam visivelmente emocionadas, foram aplaudidas de pé pelo auditório e receberam um abraço de Regina Casé. 

Posicionamento da Conferência

A organização do Brazil Conference lamentou no seu Instagram oficial a situação vivenciada pelas palestrantes e disse repudiar qualquer atitude de discriminação racial. Na nota divulgada, a Conferência afirmou estar trabalhando para encontrar as três agressoras e se comprometeu em desenvolver melhorias na realização do evento do ano que vem.  

“Em elaboração feita de forma coletiva e pelas mãos de todos, o grupo formado se comprometeu em publicar, até a próxima 6ª feira (12.abr.2024), os compromissos para melhorias na realização da conferência de 2025. Como princípio norteador está o comprometimento de que tais episódios não se repetirão”

A Brazil Conference é um evento anual organizado desde 2015 por alunos brasileiros que estudam na Universidade de Harvard. A conferência ocorre sempre no mês de abril.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...