INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

“A cara da democracia”: Pesquisa mostra qual a rede social mais utilizada pelos brasileiros para assuntos políticos

Dados coletados e analisados pelo Pulso, mostrou quais são as redes sociais mais utilizadas pela população em questão de informações políticas. “A cara da democracia” – como foi nomeada a pesquisa – constatou que o Facebook segue em disparado no quesito e que, embora hajam outras redes sociais, a ferramenta permanece sendo a principal procurada para saber do assunto: 33%. De acordo com os dados coletados, mais de três-quartos das pessoas entrevistadas utilizam o aplicativo. 

Após o Facebook, que foi citado por um terço dos entrevistados pela pesquisa, a ferramenta vem seguida do aplicativo Instagram (16%, sendo da mesma empresa, a Meta), pelo Youtube (12%) e o Whatsapp (10%, que também faz parte da Meta), que empataram no limite da margem de erro. O Twitter que é uma rede social altamente usada por políticos do mundo todo, tiveram apenas 3% de citação durante as entrevistas, mas ainda se mantendo à frente do TikTok e Telegram.  

No geral, 22% das pessoas disseram ter as redes sociais como o seu principal meio de comunicação para informações políticas, não tendo outras fontes. Porém, os sites ficam apenas atrás dos telejornais, que seguem em maior disparado, com 38% de preferência. 

A totalidade das pessoas que disseram se informarem apenas pelas redes sociais, somara 76% dos entrevistados totais. Dentre eles, 63% contaram que possui uma segunda rede preferida para se manter antenado. Ademais, 21% disseram que não possuem nenhum tipo de rede social e não utiliza de maneira alguma para se informar sobre política.


Desenho ilustrativo de um político no palanque pedindo votos (Foto: Reprodução/todoexpertos)


Embora algumas redes sociais sejam bastante utilizadas para debates e opiniões políticas e acabaram sendo pouco citadas, como ocorreu com o Telegram e o Twitter, alguns especialistas explicam que é mais importante entenderem como funciona a forma dinâmica da internet, do que ficar na complexidade de escolher entre uma rede ou outra.  

O Twitter é o campo mais usado pelos políticos para interagirem com os seus seguidores e eleitores. Segundo o especialista sobre o assunto, a “rede social do passarinho” possui uma grande capacidade de “agendamento” (possui potencial e capacidade para realizar coberturas jornalísticas). Ainda assim, foi citada somente por 3% dos entrevistados. Há a possibilidade das pessoas não confiarem na rede ou até mesmo possuir dificuldades para utilizar a ferramenta. 

A maneira que as pessoas consomem e ficam informados sobre assuntos políticos é algo muito pessoal e individual. Sendo pelas redes sociais, veículos de comunicação ou telejornais, o mais importante em tudo isso é sempre procurar em mais de uma fonte sobre tal situação, para que não seja realizada a propagação de fake news, principalmente em época de eleições. 

 

Foto destaque: Logo das redes sociais. Reprodução/Blog Fia

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + onze =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...