INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Ajuda do Reino Unido à Ucrânia provoca má reação da Rússia

De acordo com uma apuração feita pela CNN, o governo do Reino Unido tomou frente entre os aliados ocidentais da Ucrânia, entregando dezenas de drones de ataque e mísseis de longo alcance Storm Shadow para o governo de Kiev.

A presença desses armamentos estratégicos amplia bastante a capacidade ofensiva dos militares ucranianos. Com isso, espera-se começar a ofensiva contra os russos nos próximos dias ou semanas. Segundo o Ministério das Relações Exteriores da Rússia, a decisão da ajuda britânica irá levar a uma grande “escalada” do conflito.

Em um pronunciamento, Moscou afirma: “O Reino Unido está obviamente pronto para ultrapassar quaisquer fronteiras e levar o conflito a um nível fundamentalmente novo em termos de destruição e perda de vidas”.

Durante uma reunião de cerca de duas horas entre o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky e o primeiro-ministro britânico Rishi Sunak, a estratégia da guerra foi discutida. Zelensky fez uma visita surpresa ao Reino Unido nesta segunda-feira, 15.

O primeiro-ministro britânico prometeu apoiar a Ucrânia até o fim, e Zelensky voltou a pedir outros jatos militares para conseguir defender o espaço aéreo de seu país e atacar as forças russas pelo ar.


Presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky e Primeiro Ministro Britânico Rishi Sunak. Foto: Reprodução/SIC notícias


A Ucrânia já vinha pedindo mísseis de longo alcance há alguns meses, a fim de atingir as linhas de logística e defesa do inimigo, até dentro mesmo do território russo. Porém, seus aliados ocidentais, inclusive os Estados Unidos, sempre relutaram para oferecer essas armas por medo de uma escalada sem controle da guerra.

Por outro lado, os britânicos ignoraram esta preocupação dos aliados e prometeram entregar centenas de mísseis Storm Shadow à Kiev nas próximas semanas.

Os mísseis Storm Shadow foram desenvolvidos em conjunto com militares franceses e possuem um alcance de 250 quilômetros.

Alguns analistas militares acreditam que a junção de mísseis, jatos e drones, podem ajudar a Ucrânia a reverter sua posição na guerra, retomando quilômetros de territórios ocupados, hoje, pela Rússia.

O Reino Unido contribuiu com um total 5,7 bilhões de dólares em armamentos, sendo o segundo país que mais ajudou com o esforço da guerra ocidental.

Além dos mísseis Storm Shadows, a lista também inclui tanques de combate Challenger 2, mais de 120 veículos blindados, sistemas de defesa aérea e helicópteros.

Foto destaque: Reprodução/CNN Brasil

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...