INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Ataque russo mata quatro pessoas na Ucrânia: país está sob alerta

Ataque russo mata quatro pessoas na Ucrânia: país está sob alerta

Nesta segunda-feira (8), a Rússia realizou um ataque massivo e lançou mísseis contra a Ucrânia. Segundo as autoridades locais, cerca de 51 mísseis foram lançados no país, mas apenas 18 foram abatidos. Quatro pessoas morreram e o país entrou em estado de alerta para ataques aéreos. 

 

Estragos

Diversas regiões do país foram atingidas. Casas, prédios, fábricas e até mesmo um shopping sofreram estragos. Na capital ucraniana, Kiev, muitos cidadãos se abrigaram nas estações de metrô da cidade após os alertas emitidos pelo governo nos celulares da população. 

De acordo com as Forças Armadas ucranianas, além dos mísseis, oito drones do tipo Shahed-136 foram enviados ao país e todos foram interceptados. No entanto, o número de mísseis e drones abatidos pelo país vem caindo desde um ataque russo em 29 de dezembro de 2023, quando o exército de Vladimir Putin usou diferentes armamentos para fragilizar as defesas aéreas da Ucrânia.

De acordo com as novas informações, apenas 26 dos 59 armamentos lançados foram abatidos. Entre outubro de 2022 e setembro de 2023, a proporção de ataques interceptados pelos ucranianos chegava a até 82%.

Na segunda maior cidade do país, em Kharkiv, uma fábrica e uma escola foram atingidas pelo bombardeio e uma pessoa faleceu. Outras duas foram mortas em Khmelnitski e uma na cidade natal do presidente Volodymyr Zelenski, Krivii Rih, no sudeste da Ucrânia. Cerca de 15 mil pessoas estão sem energia elétrica por conta dos danos.


Ucranianos se protegenddo

Ucranianos se protegendo dos bombardeios nos metrôs (Foto: reprodução/Reuters/CNN)


 

Onda de ataques

O governador Serhii Lisak se pronunciou em suas redes sociais e afirmou que a Rússia, novamente, direcionou seus ataques à população. O político ainda chamou Vladimir Putin de “inimigo louco”.

Advertisement. Scroll to continue reading.

O ataque massivo ocorrido nesta segunda-feira (8) faz parte de uma ação russa que vem bombardeando áreas de civis na Ucrânia desde dezembro de 2023, quando mataram cerca de 30 ucranianos durante um dos maiores bombardeios já sofridos pelo país.

Há alguns meses o país tem feito pedidos de mais defesas antiaéreas para os Estados Unidos, seus aliados na guerra. No início de janeiro, no entanto, o governo norte-americano anunciou que a destinação de dinheiro para a Ucrânia agora depende da aprovação do Congresso do país.

A última ajuda enviada pelos Estados Unidos foi em 27 de dezembro de 2023, quando destinaram cerca de US$ 250 milhões em equipamentos e armas à Ucrânia.

 

Foto destaque: Danos do bombardeio em Kharkiv (Reprodução/Serguei Bobok/AFP/Folha de S. Paulo)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...