INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Consumo de maconha supera cigarro convencional nos EUA

Consumo de maconha supera cigarro convencional nos EUA

Nos EUA, uma pesquisa inédita revelou que atualmente o consumo de maconha supera o consumo de cigarro tradicional. A análise mostra que parte dos norte-americanos consome maconha regularmente, e que o cigarro tradicional está sendo excluído aos poucos da rotina dos fumantes. 

De acordo com a Gallup, empresa de levantamento de dados sediada em Washington D.C., 16% dos estadunidenses usam maconha regularmente. Índice que surpreende quando comparado com a regularidade do uso do cigarro de tabaco, que corresponde ao uso de apenas 11% da população. 

A surpresa causada pelos analistas decorre do resultado inédito da pesquisa. Na década de 50, o tabagismo estava no auge. A prática era um hábito considerado chique pela sociedade da época. Somente nesse período, o consumo dos cigarros era popular entre 45% da população dos Estados Unidos. Mas ao longo dos anos a prática atingiu decaimento, chegando no maior índice de consumo em 2010, com 22%. 


Consumo de maconha supera cigarro convencional nos EUABonequinha de Luxo, 1963. (Foto: Divulgação/Netflix)


De acordo com dados apresentados pela Gallup, é possível identificar que o uso da erva é mais popular entre os Millennials, grupo dos nascidos a partir dos anos 80. A Geração Z, que se inicia em 1995, também está incluída no grupo maconhista. Segundo a pesquisa, 30% das pessoas entre 18 e 34 anos fumam maconha regularmente. 


Consumo de maconha supera cigarro convencional nos EUAWeeds, 2005. (Foto: Divulgação/Netflix)


A diferença de gerações revela mudanças nos hábitos da população. Além disso, corresponde à evolução dos estudos sobre a cannabis. As pesquisas em torno da planta tiveram início em 1963, quando o químico búlgaro-israelense Raphael Mechoulam concluiu a presença de componentes benéficos para a saúde humana: canabidiol e tetra-hidrocanabidiol – também conhecidos como CBD e THC.

Desde então, os levantamentos revelam crescimento contínuo no uso regular da maconha. A Gallup aponta que 48% dos norte-americanos já experimentaram cannabis, seja em forma de cigarros, pílulas ou inseridas em algum alimento. 

Nos Estados Unidos, o consumo da planta se restringe a algumas localidades, não havendo uma única lei que determine a legalização nacional. Por questões econômicas, é possível que ao longo dos anos a maconha seja legalizada em cada vez mais partes do país. Através do mercado da cannabis, indicativos da Revista Forbes apontam um faturamento de US$90 milhões até 2026.

 

Foto Destaque: Consumo de maconha supera cigarro convencional nos EUA. Reprodução/Pinterest

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...