INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Cristina Kirchner diz não ter percebido tentativa de assassinato

Em seu depoimento, a vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, disse que não percebeu que um homem havia apontado uma arma para a sua cabeça, na noite da última quinta-feira (1º), enquanto ela cumprimentava apoiadores na entrada de sua casa em Buenos Aires.

Ela contou também que o gesto de abaixar a cabeça após o disparo da arma ter falhado foi para recolher um livro que havia caído no chão. As imagens mostram que a vice-presidente continuava aparentemente tranquila depois do ataque frustrado. Cristina contou em depoimento a juíza María Eugenia Capuchetti, responsável pelo caso, que não teria percebido o ataque frustrado “em nenhum momento” e que só entendeu o que tinha acontecido quando entrou em casa.

Fernando Andrés Sabag Montiel, autor do atentado, é cidadão brasileiro residente na Argentina desde a década de 1990. Após ser preso em flagrante, ele responderá por tentativa de homicídio qualificado. Fernando se recusou a responder aos questionamentos da Justiça.

Montiel já havia sido preso tinha pela polícia em 2021, por porte de arma não convencional, e está registrado comercialmente como prestador de “serviço de transporte automotor urbano e suburbano de oferta livre”, categoria correspondente a motoristas de aplicativos.


Ambar, que se identificou como namorada de brasileiro que tentou matar Cristina Kirchner, dá entrevista à canal argentino. Foto: Reprodução/Site Odocumento


A polícia encontrou cem balas de arma de fogo na casa do agressor, na periferia de Buenos Aires, e também apreendeu uma série de documentos pessoais.

A namorada de Fernando Sabag Montiel disse em um canal agentino, na noite desta sexta-feira (2), que acreditava que seu parceiro era uma “boa pessoa” e que não pensava que ele seria “capaz de fazer algo assim”.

A mulher falou ao lado de amigos em uma entrevista ao canal Telefe Noticiais, afirmando “não acreditar” que seu namorado tinha uma arma em casa. Ela afirmou ainda que conhecia o brasileiro há quatro meses, mas que começaram um relacionamento faz um mês e que viviam juntos. O casal, disse ela, trabalhava vendendo algodão doce.

Fiquei perplexa, não pensei que ele seria capaz de fazer algo assim”, disse a mulher, falando sobre o momento em que descobriu que seu namorado era suspeito de cometer a tentativa de magnicídio. “Na verdade, não encontro explicações, não pensei que ele era uma pessoa assim. Estou perplexa como todos vocês”, completou ela, classificando Sabag Montiel como “legal, piadista, amoroso”.

A imprensa argentina informa ainda que a Justiça Federal investiga se o brasileiro agiu sozinho ou se há mais envolvidos no caso. Sabag Montiel é, até agora, o único acusado no processo de tentativa de homicídio.

 

Foto destaque: Reprodução/Site bbc

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 12 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.