INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Equador realiza 859 prisões desde início do estado de conflito armado

Equador realiza 859 prisões desde início do estado de conflito armado

Desde o início do estado de conflito armado no Equador, declarado na terça-feira (09) pelo presidente Daniel Noboa, 859 pessoas já foram presas,. As informações foram cedidas pela presidência do país nesta sexta-feira (12).

Prisões por terrorismo

Das 859 prisões, o governo informou que 94 são de pessoas acusadas de terrorismo. Também foram informadas, via publicação no X (antigo Twitter), a morte de cinco “terroristas” até o momento, número também informado na quarta-feira (10) pelas Forças Armadas do Equador, e nove organizações terroristas desmanteladas pelas autoridades do país.


Equador realiza 859 prisões desde início do estado de conflito armadoEquador declara estado de conflito armado interno (Foto: reprodução/CNN/REUTERS/Vicente Gaibor del Pino)


Na declaração de terça-feira, Noboa declarou como terroristas 22 organizações criminosas. Dessas, as autoridades atribuem atos de violência por todo o país, principalmente em prisões, às organizações Tiguerones, Lobos e Choneros.

Também foram confirmadas a morte de dois policiais e a libertação de 56 cidadãos, seis policiais, 23 agentes de segurança prisional e cinco funcionários administrativos. Em uma entrevista à rádio Canela, na quarta-feira, Noboa afirmou que a declaração é a prova de que o país não irá desistir da luta contra o crime.

O que qualifica conflito armado

Segundo o Direito Internacional Humanitário, existem diversas condições para que um conflito armado seja declarado, como um período extenso de conflitos entre forças governamentais e um ou mais grupos armados organizados, com um nível mínimo de intensidade.

O conflito no Equador vem crescendo pelos últimos 3 anos, batendo o recorde de homicídios (7.878, com apenas 584 solucionados) em 2023. O auge, que levou a declaração de estado de conflito armado, foram diversos casos graves de sequestro de policiais em prisões do país e fuga de dois líderes de facções poderosas.

Em agosto de 2023, o candidato à presidência Fernando Villavicencio foi assassinado, mas o crime ainda não foi esclarecido. Analistas associam o assassinato à ascenção das facções criminosas no Equador.

Após a declaração de Noboa, as Forças Armadas do país realizaram operações militares para neutralizar os grupos intitulados terroristas.

 

 

Foto destaque: Equador realiza 859 prisões desde o início do estado de conflito armado (Reprodução/BBC/EPA)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...