INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Família de brasileiro preso acusado de homicídio em Londres pede ajuda para conseguir informações

A família de Keven Antônio Lourenço de Morais enfrenta momentos de angústia devido à falta de informações e novidades do jovem, que foi detido há mais de uma semana em Londres, Reino Unido. O brasileiro de 23 anos, é suspeito de cometer o homicídio da estudante indiana Tejaswini Kontham, de 27 anos, e de esfaquear outra mulher.

Léia Morais, mãe de Keven, relatou que ele se mudou junto de sua irmã de Varjão de Minas para o país europeu há cinco anos. No último encontro que tiveram, menos de dois meses atrás, Léia percebeu que o filho estava enfrentando um quadro depressivo e que ele não estava bem. “Ele tentou demonstrar a todo tempo que ele estava bem, mas aos poucos percebi que não estava mesmo”, disse em conversa ao G1.

Léia também expressou grande preocupação com a situação de seu filho, pois não recebeu notícias desde sua prisão. Ela diz estar desesperada e em estado de choque por não receber atualizações sobre a sua situação. “O que eu mais queria neste momento é saber como ele está”, completou.


Brasileiro Keven Antônio Lourenço de Morais e a indiana Tejaswini Kontham. (reprodução/Polícia Metropolitana de Londres)


Luiz Müller de Morais, tio de Keven, também compartilha a angústia da família devido à ausência de informações sobre o jovem. Luiz compartilhou que seu sobrinho passou por um episódio depressivo e precisou ser hospitalizado, além de comentar sobre dificuldades no relacionamento entre Keven e a namorada.

“Ele tinha uma namorada em Londres, que teve um problema de coração e eles terminaram. Ela passou por um transplante, mas ela e o Keven se separaram. Depois da separação, ele começou a sentir muita falta dela e depois ela morreu”, detalhou. Ele acrescentou que, além do término, outras questões perturbadoras deixaram Keven ansioso e levaram à sua internação, mas não especificou.

De acordo com o tio, a família não está julgando o Keven como criminoso, já que em sã consciência ele não teria motivação nenhuma para realizar o ato. Ele ainda pede ajuda para o Governo, para que olhe com atenção a situação de angústia da família e que de detalhes do processo, como informações sobre o andamento da investigação, a motivação do crime, como vai ser o julgamento e se Keven está recebendo tratamento psicológico. Na época da prisão, o Ministério das Relações Exteriores informou estar ciente caso e em contato com as autoridades locais.

Conforme informações publicadas em uma nota pela Polícia Metropolitana de Londres, a polícia foi chamada às 10 horas do dia 13 de junho para uma casa em Neeld Crescent, em Londres, onde foram encontradas Tejaswini Kontham e outras mulheres feridas. A indiana não resistiu aos ferimentos. Uma segunda mulher foi levada ao hospital, mas não corre risco de morte. A polícia inglesa informou que Keven foi levado ao Tribunal de Magistrados de Umbridge no dia 15 de junho. O crime ainda está sendo investigado pela polícia da cidade.

 

Foto destaque: Keven Antônio Lourenço de Morais. Reprodução/Instagram

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...