INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Foi registrado um foco de incêndio a cada 30 segundos na Amazônia, entre 1° e 5° de setembro

A floresta Amazônica passou por mais um período de surto de focos de incêndio na semana passada. Os cientistas estimam que a fumaça que poluiu os ceús da Amazônia Legal, isto é, a Amazônia no território brasileiro, irá chegar ao sudeste. Os números são enormes e preocupantes: entre os dias 1º e 5 de setembro a Amazônia registrou uma média de dois novos focos de incêndio a cada minuto. Foram 14.839 focos, o que dá uma média de 2.968 por dia, ou um a cada meio minuto.

Especialistas explicaram ao colunista do UOL, Carlos Madeiro, que as queimadas podem ser explicadas por dois fatores: o receio de que o atual presidente Jair Bolsonaro não seja reeleito e o novo presidente reestabeleça medidas de proteção à Amazônia, e também a forte seca na Amazônia, que faz com que o fogo se alastre mais facilmente.