INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Idosos lideram crescimento no consumo de internet no Brasil

Idosos lideram crescimento no consumo de internet no Brasil

Um novo relatório da Pnad Contínua TIC 2022 revelou que o grupo de pessoas com 60 anos ou mais foi o que experimentou o maior aumento no consumo de internet no período de 12 meses entre 2021 e 2022. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram um salto significativo no acesso à internet por parte dessa faixa etária.

Impressionante crescimento entre idosos

Em 2021, 57,5% da população com 60 anos ou mais utilizava a internet. No entanto, em 2022, esse número deu um salto impressionante, atingindo 62,1%, representando um aumento de 4,6%. Essa mudança é ainda mais notável quando comparada a 2016, quando apenas 24,7% das pessoas nesse grupo faziam uso da internet.

A faixa etária seguinte, de 50 a 59 anos, também registrou um crescimento significativo, com um aumento de 3% nos 12 meses analisados. O acesso à internet nesse grupo passou de 83,3% para 86,3%.

Meios de acesso 


Idosos lideram crescimento no consumo de internet no Brasil

Segundo dados, cerca de 99% dos usuários usam a internet através de telefonia móvel. (Fotografia: Reprodução/Freepik)


Os dados divulgados pelo IBGE mostram que o celular continua sendo o principal meio de acesso à internet para os brasileiros, com 98,9% dos usuários utilizando a telefonia móvel. Além disso, houve um aumento no número de pessoas que acessam a rede por meio de televisores, enquanto o acesso por meio de computadores apresentou uma diminuição. Os números apontam que 47,5% dos usuários acessam a internet por televisores, 35,5% por microcomputadores e 7,6% por tablets.

A pesquisa também destaca que, em 2022, a internet foi utilizada em 91,5% dos domicílios particulares permanentes no Brasil, representando um aumento de 1,5% em relação a 2021. Apesar do crescimento consistente ao longo dos anos, a taxa de crescimento tem diminuído, indicando uma aproximação da universalização da internet nos lares brasileiros.

Um dado encorajador é a redução da diferença na conectividade entre áreas urbanas e rurais. Em 2016, essa diferença era maior que 40%, mas caiu para 15,4% em 2022, indicando uma maior equidade no acesso à internet em todo o país.

Foto destaque: Pessoas acima de 60 anos foram as que mais usaram a internet em 2022. (Reprodução/Freepik.)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...