INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Juíza é suspensa após mau comportamento com testemunha em sessão

Juíza é suspensa após mau comportamento com testemunha em sessão

Após tratar testemunha com grosseria, Kismara Brustolin, juíza do estado de Santa Catarina, foi suspensa. O Tribunal Regional do Trabalho tomou a decisão de afastar a profissional, ou seja, Brustolin está impedida de atuar em audiências durante o processo de apuração de uma possibilidade de irregularidade pela Corregedoria.


Juíza é suspensa após mau comportamento com testemunha em sessão

Kismara Brustolin em destaque (Foto: Reprodução/Vídeos/ Redes Sociais/ Revista Oeste)


A conduta da magistrada

A conduta da juíza está sendo investigada por conta do ocorrido em Vara de Xanxerê, localizado no oeste de SC. O caso foi registrado em uma gravação, onde Brustolin exigia que a testemunha se dirigisse a ela com o seguinte comando: “O que a senhora deseja, excelência?”. A profissional ainda não divulgou uma declaração oficial pelo seu comportamento na sessão do dia 14 de novembro.

Ainda durante a sessão, Kismara Brustolin rebateu a testemunha afirmando que seu depoimento não seria considerado caso ele não respondesse do jeito que ela exigiu. O homem estava visivelmente assustado, e ainda foi chamado de “bocudo” pela magistrada.

Mais informações sobre o caso

Após a situação, o Tribunal Regional do Trabalho publicou uma nota expondo mais detalhes sobre a suspensão aplicada a magistrada. “Após ter tido conhecimento dos fatos, relatados por representantes da Presidência da OAB-SC, e atendendo a ofício expedido pela Ordem na tarde desta terça-feira (28/11), solicitando providências cabíveis, a Presidência e a Corregedoria Regional do TRT-SC, em ato conjunto, decidiram pela imediata suspensão da realização de audiências pela magistrada, sem prejuízo do proferimento de sentenças e despachos que estejam pendentes, salvo recomendação médica em contrário. Em ato contínuo, a Corregedoria Regional irá instaurar procedimento apuratório de irregularidade. A suspensão da realização de audiências deverá ser mantida até a conclusão do procedimento apuratório de irregularidade ou eventual verificação de incapacidade da magistrada, com o seu integral afastamento médico”.

Além disso, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) também será um dos responsáveis por investigar o comportamento da juíza.

Foto Destaque:  Kismara Brustolin em foco. (Reprodução/Arquivo Pessoal/ Metrópoles)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...