INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Kim Jong-un ameaça uso de armas nucleares caso provocado

Kim Jong-un ameaça uso de armas nucleares caso provocado

Nesta quinta-feira (21), o governante supremo da Coreia do Norte, Kim Jong-un, informou a imprensa estatal que não hesitará em realizar ataques nucleares no caso de sentir-se provocado pelos Estados Unidos ou pelo país vizinho a Coreio do Sul.

Ponto de partida

As ameaças de Kim Jong-un, nesta ocasião, tiveram seu início partindo de uma reunião realizada na semana passada em Washington (EUA) entre os governos dos Estados Unidos e Coreia do Sul, tendo como pauta principal o “planejamento nuclear e estratégico” entre ambos no caso de um conflito com a Coreia do Norte. Foi ressaltado no encontro que qualquer ataque nuclear efetuado pela capital da Coreia do Norte, Pyongyang, significará o fim do regime de Kim Jong-un.


Kim Jong-un ameaça uso de armas nucleares caso provocado

Interação entre forças armadas estadunidenses e sul-coreanas (foto: reprodução/noticias.r7)


Ao que foi informado pela KCNA (agência de notícias norte-coreana), em resposta ao tema e às afirmações feitas na reunião em Washington, Kim Jong-un teria entrado em contato com o escritório de mísseis de suas forças armadas e passado a order de “não hesitar em lançar um ataque nuclear quando o inimigo provocar com armas nucleares”. Ainda em resposta ao governante da Coreia do Norte, um comunicado conjunto de Washington, Seul e Tóquio foi divulgado, no qual as nações alertavam o ditador norte-coreano a “parar de realizar provocações e aceitar nosso apelo para participar de um diálogo substantivo sem condições”.

Atividade nuclear

Nesta última segunda-feita (18), foi lançado pela Coreia do Norte o míssil balístico Hwasong-18, tido como o mais poderoso da nação. Seu lançamento foi justificado como “uma contramedida de advertência” ao que chamou de “ameaça militar” vinda dos Estados Unidos, assim como de seus aliados. Nos últimos tempos, já vem ocorrendo uma itensificação de atividades militares por parte dos EUA e Coreia do Sul de forma cooperativa, e assim logo na terça-feira (19) realizaram a ativação de um sistema capaz de compartilhar informações sobre mísseis norte-coreanos em tempo real. Vale ressaltar que na última semana, o governo dos Estados Unidos enviou um submarino nuclear ao porto sul-coreano de Busan, além de nesta quarta-feira (20) também realizar o deslocamento de bombardeiros de longo alcance, assim executando manobras mlitares com seus aliados sul-coreanos e japoneses.

 

Foto destaque: Kim Jong-un em coletiva (reprodução/cnnbrasil)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...